ACI e Sindilojas pedem a prorrogação no prazo de pagamento de tributos municipais

Com os prejuízos causados pelas restrições da bandeira preta, entidades e empresários estiveram reunidos com o Executivo Municipal de Três de Maio, quando solicitaram a prorrogação no prazo dos pagamentos de impostos, taxas e outros tributos de competência municipal, por 30 ou 60 dias após o término da bandeira preta, entre outras reivindicações

ACI e Sindilojas pedem a prorrogação no  prazo de pagamento de tributos municipais
Direção das entidades e empresários abordaram prejuízos causados pela bandeira preta - Foto: ACI e Sindilojas/Divlugação

Na última terça-feira, 16, a direção da ACI, do Sindilojas e empresários de diversos segmentos do comércio de Três de Maio estiveram reunidos com o prefeito Marcos Corso. Na pauta foram abordados os prejuízos ocasionado pelo fechamento do comércio, pela bandeira preta, além de ser entregue um ofício com algumas reivindicações.


Os empresários destacaram que entendem a situação delicada que abala o sistema de saúde, além da economia e os negócios na cidade. Falaram sobre as angústias em relação ao período de portas fechadas e o quão prejudicial é para as empresas, destacando, inclusive, a possibilidade de fechamento dos estabelecimentos e perdas de postos de trabalho.


Durante a conversa, as entidades entregaram um ofício ao prefeito com algumas reivindicações, que tem por objetivo atenuar os prejuízos que o comércio vem sofrendo neste período de portas fechadas. Veja as reivindicações no box ao lado.


Em sua fala, Corso enfatizou que a saúde precisa andar junto com a economia. “O município sofre junto com o comércio, por isso, estamos participando de diversas reuniões entre associações de municípios da região, para tentar encontrar formas de auxiliar os empresários de Três de Maio.” 


O prefeito destacou que hoje, dia 19, será realizada uma reunião entre os prefeitos da Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste (Amufron) para analisar e alinhar juntos os Decretos Municipais de forma regional, com o objetivo de reabrir o comércio a partir do dia 22, com o retorno da cogestão. “Este é um momento de união, em que precisamos que todo o comércio siga as medidas de prevenção e combate à Covid-19, para que juntos, possamos superar esta pandemia.”

 

 

Reivindicações entregues pela ACI e Sindilojas ao Executivo de Três de Maio


1. A prorrogação no prazo dos pagamentos de impostos, taxas e outros tributos de competência municipal, por 30 ou 60 dias após o término da bandeira preta;


2. Prorrogação no vencimento das parcelas de contas de competência municipal por 30 ou 60 dias após o término da bandeira preta;


3. Renovação automática dos alvarás e licenciamentos e demais processos de âmbito municipal que vencerem nos próximos 30 ou 60 dias;


4. Suspender por 30 ou 60 dias, após o término da bandeira preta, os prazos de defesa e de recursos.