Região recebe alerta devido ao grande aumento de casos de Covid-19

Em quatro dias, Três de Maio registrou 301 novos casos. Apesar do grande número de contaminados, não há pessoas internadas no HSVP. Vacinação e medidas de prevenção como o uso de máscaras, são as principais armas contra a doença

Região recebe alerta devido ao grande aumento de casos de Covid-19
Vacinação e medidas de prevenção como o uso de máscaras, são as principais armas contra a doença - Foto Pixabay

Santa Rosa está entre as 12 regiões covid que receberam alerta com base nos indicadores do Sistema 3As de Monitoramento na última quarta-feira, 19. Agora essas regiões terão que elaborar um plano de ação para conter a disseminação do vírus. Conforme o governador do Estado, Eduardo Leite, a partir do alerta as regiões devem apresentar algum tipo de solução, como "restrição de algum tipo de atividade" e "redução de possibilidade de aglomeração". 


Em entrevista à rádio Gaúcha na última quarta-feira, 19, o presidente da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar), Délcio Stefan, falou sobre o grande aumento do número de casos. “A situação na região não é diferente do momento atual do país. Para enfrentar a situação, a Amufron (Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste) reunirá o comitê responsável para discutir as medidas possíveis para esse momento. “Vamos ter que ampliar um pouco a estrutura de atendimento, testar mais rápido e isolar as pessoas positivadas.”


Stefan ressaltou que o número de casos aumentou muito, mas que isso não está implicando em internações, que estão estáveis nos últimos cinco meses. “Preocupa porque está havendo uma procura muito grande nas unidades de saúde, bem como na rede de urgência e emergência”.  


Em Três de Maio, até ontem eram 348 casos ativos e 27 com síndrome gripal, porém sem nenhuma internação. 


Também receberam alerta, as regiões de Porto Alegre, Santa Maria, Uruguaiana, Capão da Canoa, Novo Hamburgo, Canoas, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul e Lajeado.