Multas podem ser pagas por aplicativo e com desconto de 40%

Detran/RS aderiu, no início de dezembro, ao Sistema de Notificação Eletrônica que garante mais eficiência, comodidade e economia aos condutores do Estado

Multas podem ser pagas por aplicativo e  com desconto de 40%
Para ter direito aos 40?desconto, a multa tem de estar dentro da data de vencimento, ser emitida por órgão que já tenha aderido ao SNE e o motorista precisa reconhecer o cometimento da infração

O Detran/RS aderiu, no início de dezembro, ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), desenvolvido pelo Serpro, empresa de inteligência em TI do governo federal, para o Denatran. Com isso, os motoristas e proprietários de veículos do Rio Grande do Sul já podem receber e pagar multas de trânsito por aplicativo e, o melhor, com desconto de 40%. O objetivo é garantir maior eficiência no processo de gestão de trânsito e oferecer mais comodidade e economia aos condutores do Estado.


Para ter direito ao benefício, o proprietário do veículo precisa baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível na App Store e Google Play, e reconhecer o cometimento da infração, abrindo mão de apresentar defesa e interposição de recursos contra a autuação. 


Pelas vias normais, recebendo a notificação por correspondência, o motorista consegue um abatimento de no máximo 20%. Pelo aplicativo CDT, por via eletrônica, o desconto é o dobro, enfatizou o diretor-geral do Detran/RS, Enio Bacci.

 

 

Como utilizar
 

No aplicativo Carteira Digital de Trânsito, o mesmo utilizado para a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) digitais, o usuário precisa habilitar a opção de adesão ao SNE no ícone “Infrações”. Ao receber notificação de multa, o proprietário do veículo cadastrado no SNE pode gerar o boleto eletrônico por meio do próprio aplicativo.


Para ter direito aos 40% de desconto, a multa tem de estar dentro da data de vencimento, ser emitida por órgão que já tenha aderido ao SNE e o motorista precisa reconhecer o cometimento da infração. Quem decidir recorrer, mas ainda assim tiver que pagar, receberá o desconto dos tradicionais 20% se fizer a quitação dentro do prazo. O sistema gera um código de barras, que permite a finalização via aplicativo do banco.