João Emanuel conquista a maior vitória da sua vida

Campanha do menino de Lindolfo Collor arrecada valor total para o tratamento

João Emanuel conquista a maior vitória da sua vida
João Emanuel Rasch Schropfer

O dia 26 de março entrou para a história do guerreiro João Emanuel Rasch Schropfer, de Lindolfo Collor. Com um ano e oito meses de idade, a família do menino recebeu a notícia de que o valor necessário para o tratamento com o medicamento Zolgensma, R$ 10,900 milhões, estava garantido. O alívio veio um mês antes do prazo máximo da campanha que mobilizou o Estado e o país.


O anúncio foi feito na sexta-feira, pelo pai, Édio Schropfer, 44, e a mãe, Luciana Rasch, 41. Os pais revelaram ao Semanal a gratidão que sentem por todo o apoio recebido na campanha. “Deus escolheu a dedo todas as pessoas que fazem parte disso. São anjos escolhidos por Deus que vieram ajudar o João, a salvar a vida dele, poder dar uma sequência de vida, quem sabe futuramente normal, como de qualquer outra criança. Temos somente a agradecer a todas as pessoas que ajudaram, graças a cada um de vocês este sonho está sendo realizado. Pedimos que continuem em oração para que o João continue bem para a aplicação do Zolgensma”, agradecem Luciana e Édio.


João Emanuel tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1, doença degenerativa que atrofia, aos poucos, os músculos, até levar à morte. O único tratamento eficaz contra a doença é a terapia com Zolgensma, considerado o remédio mais caro do mundo.


Ainda não há data para João receber o medicamento. O menino fará alguns exames para depois a medicação ser aplicada.


Os valores arrecadados após o encerramento da campanha de João Emanuel serão destinados a outras crianças portadoras de AME.

 

 


Mais de 30 voluntários em Três de Maio

 

Parte do grupo de voluntários de Três de Maio

 


Em Três de Maio, a campanha do João Emanuel iniciou na metade de 2020 e juntou mais de 30 voluntários ativos, sendo alguns de fora do município.


Entre as atividades realizadas pelo grupo em Três de Maio e região, estão: bazar, brechó, rifas (físicas e online), palestra online, pedágios, vendas, troco solidário, churros e cachorro-quente. O resultado de todo esse trabalho foi a arrecadação de cerca de R$ 140 mil.


De acordo com os voluntários, o sentimento é de gratidão. “Com certeza o João veio a este mundo para mostrar que temos salvação, que o amor, a empatia e a solidariedade são essenciais. Que reclamar menos e fazer mais é de suma importância. É impossível entrar em uma campanha assim e sair da mesma forma, com certeza o aprendizado que adquirimos sobre nós mesmos e a vida é imensurável”, destaca Clarissa Smaneoto Dockhorn, uma das voluntárias.