Notas Sandro Rambo

Notas Sandro Rambo

VERADORES DO PT – O prefeito Marcos Corso recebeu em seu gabinete os vereadores petistas Diogo Wolf, Ernani Weimer e Alexandre Ott, acompanhados do presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Antônio Wunsch. Eles destacaram que estão em contato com os parlamentares estaduais e federais do PT para a busca de emendas para o município. Corso, que já foi vereador, agradeceu a visita e o apoio. Espera-se que essa boa relação continue. Ganha Três de Maio.

 

IPTU EM TRÊS DE MAIO – Neste ano foram emitidos 10.752 carnês e a previsão de arrecadação é de R$ 4.308.669,00. O desconto de 6% se optarem pelo pagamento em cota única é até 12 de março.   

 
BRIQUE NA PRAÇA – Será neste sábado, às 8h, em frente à prefeitura de Três de Maio. O evento deverá ocorrer sempre no segundo sábado de cada mês. Lembrando que antes era aos domingos.


BOTAFOGO – No próximo dia 26, às 19h, na sua sede se realiza a prestação de contas e eleição da nova diretoria. O nome para substituir o atual presidente deve ser Ademir Zaharko (Cabelo).


CLASSMANN – O deputado Aloísio Classmann continua líder da bancada do PTB na Assembleia Legislativa do RS. 


SUÍNOS EM DESTAQUE I – O abate de suínos no RS cresceu 5% em 2020. Na soma de todos os municípios, em 2020,  foram produzidos no RS,  9.951.769 animais para abate, o que representa aumento de 5,63% em comparação ao ano de 2019. O município de Rodeio Bonito aparece pelo quarto ano consecutivo como o maior produtor de suínos para abate no RS. Em 2020, foram 272.260 animais abatidos, aumento de 11,54% em relação a 2019.


SUÍNOS EM DESTAQUE II – Aparecem ainda entre os 10 primeiros colocados: Palmitinho, com 221.120 suínos abatidos; Nova Candelária, com 202.539 animais; Rondinha, com 196.786; Boa Vista do Buricá, com 181.375; Aratiba, 180.092; Três Passos, 176.709; Santo Cristo, 175.015; Camargo, 165.436; e Casca, com 139.980 animais. No RS são 311 municípios produtores.    


COOPERMIL – O agricultor e engenheiro agrônomo Ernani Thober, 54 anos, deverá suceder ao agricultor e advogado Joel Antonio Capeletti no comando da Coopermil. Capeletti está há 32 anos à frente da cooperativa e deverá ficar como vice-presidente de Ernani.


COTRIROSA – O presidente da Cotrirosa, Eduíno Wilkomm, anunciou que não irá concorrer à reeleição nas eleições da cooperativa que estão programadas para março de 2021. Wilkomm está na cooperativa há 23 anos, sendo 12 na presidência e 11 anos como conselheiro. Ainda não foi definido quem irá substituí-lo.


UMA COOPERATIVA SÓ – O presidente que entra, Ernani da Coopermil e o que sai da Cotrirosa, Eduíno, não descartam no futuro a possibilidade de uma união das duas cooperativas com sede em Santa Rosa. Claro, são somente possibilidades, até porque a aprovação tem que passar pelo voto do associado. Se isso acontecer, serão mais de 10 mil associados juntos e mais fortes.