Cadastros no Pix já começaram

Nova modalidade de pagamento começará a operar a partir de 16 de novembro

Cadastros no Pix já começaram
Cadastros começaram na última segunda-feira

Começou na última segunda-feira, 5, o cadastramento de usuários no Pix, nova modalidade de pagamentos e transferências criada pelo Banco Central. A nova tecnologia permitirá transações bancárias 24 horas por dia, em qualquer dia da semana, com transações feitas em até 10 segundos, envolvendo equipamentos celulares. As pessoas poderão entrar em contato com seus bancos por meio dos aplicativos bancários, para realizar um primeiro cadastramento no Pix. O sistema, no entanto, só estará disponível para operação a partir do dia 16 de novembro.


Além de servir para compras e pagamento de contas, substituindo boletos e até o cartão de débito, a expectativa é que o sistema deixe no passado DOCs e TEDs, que costumam gerar cobrança que pesa no custo da transferência. 


Na prática, o Pix vai transformar toda a conta – seja ela conta corrente, poupança, de pagamento ou uma carteira digital – em um grande sistema de pagamentos que concorrerá com cartões e maquininhas.

 

 

Facilidades que serão trazidas pelo Pix


- Transferir dinheiro a qualquer hora do dia ou da semana


- Permitir que o recebedor tenha o dinheiro imediatamente


- Permitir que as pessoas tenham serviços financeiros mais baratos


- Permitir que o pagador tenha o serviço prestado mais rápido (exemplo: ao pagar a conta de luz com Pix, o pagamento cai na hora na distribuidora de energia, que pode religar a luz imediatamente, sem necessidade de esperar mais tempo pela confirmação do pagamento)


- Agendar pagamento para uma determinada data futura (Pix agendado)