Certhil apresenta resultados positivos de 2020 em assembleia

Cooperativa de Distribuição teve um crescimento de 16,31% no último ano. Associados aprovaram relatórios de gestão e elegeram novo conselho fiscal

Certhil apresenta resultados positivos de 2020 em assembleia
Presidente da Certhil, Celso Benedetti

No último dia 26, a Certhil realizou sua assembleia geral ordinária das cooperativas Certhil Distribuição e Certhil Desenvolvimento. Devido ao cenário atual da pandemia, o formato escolhido pela cooperativa foi o semipresencial, priorizando o acesso online através de plataforma digital, contando de forma presencial com 29 associados, representando os demais.
A assembleia geral ordinária da Cooperativa de Distribuição de Energia Entre Rios Ltda., teve início às 10h, e, na sequência, às 11h, foi realizada a assembleia da Cooperativa de Desenvolvimento Social Entre Rios Ltda.


A prestação de contas que contou com a apresentação do balanço patrimonial, das demonstrações de sobras, fluxo de caixa, balanço social, pareceres dos conselhos de administração e demais informações referentes à prestação de contas do exercício social de 2020 das duas cooperativas, foram apresentados em tempo real para os participantes da reunião virtual, bem como para os associados presentes na Associação dos Funcionários da Certhil - Afucer, em Três de Maio.


Os associados que participaram da assembleia de forma online, puderam interagir no ambiente virtual e participar da votação da chapa única do Conselho Fiscal, gestão 2021/2022.
Com os votos dos associados presentes na assembleia geral ordinária e os associados ouvintes de forma remota, os relatórios de gestão de ambas as cooperativas foram aprovados, bem como a chapa do Conselho Fiscal que foi apresentada aos associados através de fotos, sendo composta pelos conselheiros: Jonas Fernando Costa Massoco, Solando Schlosser, Vilmar Mansueto Dallazen, Danilo Luiz Riffel, Euclides Fiorentini e Francisco Juares Santor. 


O ano de 2020 foi positivo para as duas cooperativas. Tanto a Distribuição, como a Desenvolvimento, apresentaram crescimento. A Cooperativa de Distribuição teve uma sobra de R$ 4.642.347, o que representa um crescimento de 16,31% em relação ao ano anterior. Já  a Cooperativa de Desenvolvimento teve uma sobra de R$ 1.386.864, não teve um crescimento em relação ao ano anterior, 2019, mas ficou dentro do projetado para o ano de 2020.


Conforme o presidente Celso Benedetti, a Certhil encerrou o ano de 2020 com um saldo ativo girando em torno de 79 milhões, no somatório de ambas as cooperativas, considerando o momento atual que estamos vivendo, devido à pandemia.


Atualmente, as cooperativas de Distribuição e Desenvolvimento, tem cerca de 8.636 associados, divididos nos 11 municípios de sua área de atuação.

 

Certhil Distribuição recebe investimento de cerca de R$ 35 milhões

A Certhil Distribuição está realizando um investimento, de cerca de R$ 35 milhões, aplicados durante os anos de 2020 e 2021, voltado à construção da Subestação Nossa Senhora do Carmo.


O projeto está na fase de construção da linha de transmissão, que ligará a Subestação da CEEE em Santa Rosa à Subestação 69Kv da Certhil, na localidade de Nossa Senhora do Carmo, em Três de Maio. As linhas e redes de distribuição já existentes, passarão por manutenção e melhoria, sendo reforçadas para atender a nova demanda de energia. Contarão ainda com a implantação de uma nova linha que terá dois novos alimentadores, fazendo a conexão da estação rebaixadora do KM 13 até a estação rebaixadora de Independência.


A obra, com previsão de término e início das operações no segundo semestre de 2021, tem por objetivo melhorar a qualidade de energia dos cooperados, buscando propiciar maior disponibilidade energética visando o crescimento regional.

 

Subestação Nossa Senhora do Carmo, em Três de Maio

 

Certhil Desenvolvimento: repotencialização da Usina Buricá e nova fábrica de artefatos de cimento


A Certhil Desenvolvimento tem como principal investimento a repotencialização da Usina CGH Buricá. As obras já passaram pela supressão vegetal no local onde será instalada a casa de máquinas da terceira unidade geradora de energia elétrica. As obras civis estão programadas para ter início ainda em  abril deste ano.


A nova turbina terá potência nominal de 1.385 kW e praticamente dobrará a capacidade de geração de energia através do Rio Buricá. Além da nova unidade, a atualização dos painéis de controle e comando das máquinas existentes, fazem parte do investimento da cooperativa, que estima um investimento total de 10 milhões nesta obra de ampliação.


A Certhil Desenvolvimento também está investindo em uma nova fábrica de artefatos de cimento, que ficará localizada na Área Industrial II de Três de Maio. No total foram comprados oito terrenos no valor total de 500 mil. A previsão para início das obras é em meados de 2022.

 

Usina CGH Buricá