Vacinação para crianças neste sábado

A Secretaria de Saúde de Três de Maio aplicará neste sábado, a vacina contra a Covid-19 em crianças de 11 anos sem comorbidades e crianças de cinco a 11 anos com deficiência permanente ou comorbidades. A imunização será realizada na Unidade Central, das 7h30min às 11h30min. No último sábado 57 crianças foram imunizadas

Vacinação para crianças neste sábado
São José do Inhacorá começou a imunizar as crianças no último dia 20. Vacinação é feita mediante agendamento pela Secretaria da Saúde

Crianças começam a ser imunizadas


Pfizer e CoronaVac são as vacinas aprovadas para aplicação

 

Com a inclusão das crianças de cinco a 11 anos no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 pelo Ministério da Saúde, no início de janeiro, na semana passada foi dado início à vacinação desta faixa etária, iniciando pelas crianças com deficiência permanente ou comorbidades.

 
Além da vacina da Pfizer, que foi aprovada pela Anvisa no início de janeiro, a CoronaVac também recebeu a aprovação do órgão e foi incluída no Plano Nacional de Vacinação no dia 21. No caso da vacina da Pfizer, a dosagem é diferente daquela distribuída para adultos e o intervalo é menor, de oito semanas. Já a CoronaVac é a mesma vacina utilizada nos adultos e o mesmo intervalo entre as doses.

 

Os critérios para vacinação

- Ordem decrescente de idade, com prioridade para quem tem comorbidades ou deficiências permanentes e para crianças quilombolas e indígenas;
- Não há necessidade de autorização por escrito, desde que pai, mãe ou responsável acompanhe a criança no momento da vacinação;
- Intervalo de oito semanas para a vacina da Pfizer e de 28 dias para a vacina CoronaVac.

 

Aprovada pela Anvisa, Coronavac começou a ser aplicada em crianças nesta semana

O governo do Rio Grande do Sul iniciou na última quarta-feira, 26, a vacinação de crianças com a CoronaVac. O público imunizado contra a Covid com o imunizante produzido pelo Instituto Butantan será o de crianças entre seis e 11 anos. A Comissão Intergestores Bipartite (CIB), composta pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) e pelos municípios, também autorizou o uso da vacina para adolescentes de 12 a 17 anos, mas manteve a prioridade para os mais jovens.


Na quinta-feira passada, 20, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu pela autorização da aplicação da vacina CoronaVac em crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos. Há um veto para o uso em pessoas com baixa imunidade. No dia seguinte, o Ministério da Saúde confirmou a inclusão da vacinação de crianças com a CoronaVac na campanha nacional de imunização contra a Covid-19.

 

Três de Maio realiza mais uma etapa de vacinação das crianças neste sábado

Amanhã, dia 29, a Secretaria da Saúde de Três de Maio aplicará vacina contra a Covid-19 em crianças de 11 anos sem comorbidades e crianças de cinco a 11 anos com deficiência permanente ou comorbidades.


Para receber a vacina, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis portando o CPF, Cartão SUS e a caderneta de vacinação. A imunização será realizada na Unidade Central, das 7h30min às 11h30min.


Estão aptas para imunização as crianças com as seguintes comorbidades: asma, doença neurológica, obesidade, imunodeficiência, doença cardiovascular, pneumopatias, neoplasias, doenças hematológicas, Diabetes Mellitus, Síndrome de Down, doença renal crônica.
Três de Maio iniciou a imunização de crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou comorbidades, no último sábado, 22, com aplicação de 57 doses.


A vacinação contou com um ambiente recreativo, para que as crianças aguardassem os 20 minutos após a aplicação da vacina desenhando e brincando. Todos os vacinados também levaram para casa um Certificado de Coragem, por vencerem a temida “agulha” e ajudarem o município no combate ao Coronavírus.

 

São José do Inhacorá tem 147 crianças de cinco a 11 anos para vacinar contra a Covid-19

O dia 20 de janeiro marcou o início da vacinação de crianças de cinco a 11 anos em São José do Inhacorá. O município possui 147 crianças nesta faixa etária. As doses são aplicadas mediante agendamento da Secretaria da Saúde com as famílias e, até ontem, 10 crianças já haviam recebido a imunização, sendo algumas do grupo de risco e outras de 11 anos. Para hoje, o município deve imunizar mais 10 crianças de 10 e 11 anos.