Associados do Sindicato dos Trabalhadores Rurais reelegem Anisia Trevisan

Presidente vai estar à frente da entidade por mais quatro anos. Eleição se realizou nos dias 3 e 4 de dezembro

Associados do Sindicato dos Trabalhadores  Rurais reelegem Anisia Trevisan
Anisia Trevisan é a primeira mulher a assumir a entidade

Anisia Trevisan foi reeleita presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Três de Maio e São José do Inhacorá e comandará a entidade pelo segundo mandato consecutivo. A eleição foi realizada nos dias 3 e 4 de dezembro com chapa única. Após atualização no estatuto do sindicato para ficar no padrão da Fetag, a nova gestão terá mandato de quatro anos. O atual mandato é de três anos.


De acordo com Anisia, a eleição foi tranquila – o quórum mínimo – que era de 134 foi ultrapassado. “A pandemia interferiu. Tínhamos mais sócios em condições de votar, mas algumas pessoas não estão saindo de casa”, ressalta. Ao todo foram 196 votos, dos quais a chapa única recebeu 190; dois votos foram em branco e quatro foram contrários à chapa. Oitocentos e noventa e dois sócios do sindicado estavam aptos a votar. Vinte e dois por cento deles compareceram. O quórum mínimo para validar a eleição era de 15%.


A presidente afirma que o ano de 2020 foi muito desafiador em vários aspectos, entre eles a pandemia e a estiagem. Para os próximos quatro anos a meta é buscar recursos junto ao poder público para melhorar a infraestrutura de acesso das propriedades rurais e seus pátios. “Nós sabemos que a produção da propriedade não sai da estrada principal e sim de dentro do pátio e, em muitos casos, o pátio do agricultor não está adequado”, ressalta. Outra questão que o Sindicato está acompanhando de perto é da “cooperativa que deixou muitos agricultores na mão, sem receber o fruto de seu trabalho. Para algumas situações não conseguimos o objetivo, mas nossa função é estar ao lado dos agricultores”, explica.


Outra meta para a próxima gestão é a melhorar a qualidade da internet nas propriedades rurais. “Hoje a tecnologia precisa ser melhorada para nossos agricultores. Só assim vamos conseguir fazer a sucessão”, ressalta Anisia destacando que há muitos jovens que querem ficar na propriedade da família. Para ela, a importância da tecnologia, da rapidez da informação é fundamental para que isso aconteça.