Hospital Vida & Saúde arremata Dom Bosco em leilão

Negócio foi fechado em R$ 9.354.000,00. Hospital seguirá com foco no tratamento de coronavírus. Após a pandemia, instituição passará por uma remodelação

Hospital Vida & Saúde arremata Dom Bosco em leilão
Hospital Dom Bosco agora pertence ao Hospital Vida & Saúde

O Hospital Vida & Saúde (HVS), de Santa Rosa, arrematou, em leilão público, a estrutura do
Hospital Dom Bosco. O valor do negócio foi de R$ 9.354.000,00. O leilão foi realizado na manhã
da última terça-feira, 11, pela internet, e contou com dois interessados.
De forma online, o leilão foi acompanhado pelo presidente do hospital, Rubens Zamberlan; pela
diretora-geral Vanderli de Barros e pela equipe técnica da instituição. O leilão contou com 15
lances. O pagamento da estrutura ocorrerá de forma parcelada, com entrada de R$ 2,5 milhões e o restante será dividido em 30 vezes.
Com duas unidades gerenciadas pelo Vida & Saúde – a Saúde Mental e a Unidade Especializada em Problemas Respiratórios e Covid – o Hospital Dom Bosco passa a ser gerenciado em sua totalidade pelo HVS. O leilão abrangeu as instalações de quatro pavimentos, totalizando 5.439,08 metros quadrados, além de equipamentos hospitalares e móveis.
“O Hospital Vida & Saúde entende que tem um papel importante para auxiliar no desenvolvimento
da comunidade regional e, compreendemos, que a Unidade Dom Bosco vai compor esta condição de infraestrutura para assistir bem a população da região”, destaca a diretora-geral, Vanderli de Barros.
De acordo com a direção do Vida & Saúde, a instituição adquiriu a estrutura do Hospital Dom Bosco em função de que havia um movimento da comunidade solicitando que houvesse essa aquisição por parte do Vida & Saúde. "O HVS não adquiriu a estrutura em oportunidades anteriores em função de que os valores estavam muito acima da capacidade econômica da instituição e do valor possível de ser adquirido", diz o presidente Rubens Zamberlan.
Ainda com foco no controle da pandemia, o Vida & Saúde começa a trabalhar em um grande planejamento, envolvendo direção e conselho de administração para reavaliar o plano diretor do hospital e definir um projeto para a Unidade Dom Bosco, alinhando então, quais serão as áreas de atuação no local. “A unidade será utilizada até o fim da pandemia com serviços específicos do combate e tratamento de pacientes com coronavírus. Depois disso a unidade se estruturará para receber novos serviços”, explicou o presidente.