Três de Maio registra alta no número de nascimentos e casamentos civis

Dados do Portal da Transparência do Registro Civil apontam que em 2023 houve 342 nascimentos, o maior aumento em nove anos, com alta de 5,88%, e 92 uniões civis, o maior registros desde 2015

Três de Maio registra alta no número de nascimentos e casamentos civis
Foram 92 certidões de casamento registradas em 2023 em Três de Maio

O ano de 2023 registrou a maior alta no número de nascimentos e de casamentos em Três de Maio nos últimos nove anos. A informação é do Portal da Transparência do Registro Civil, que tem disponibilizado os dados desde o ano de 2015.

Conforme o portal, no ano passado foram 342 registros de nascimentos em solo três-maiense. É o segundo ano seguido de aumento. O número é 5,88% superior ao registrado em 2022, quando foram 323 nascimentos, ou seja.

O mês que registrou o maior número de nascimentos foi março, com 35 registros. Já o menor, dezembro, com 18. Na média mensal, foram 28,5 registros em 2023. 

Acompanhando a crescente de nascimentos, também estão os registros de casamento civil no cartório local. Enquanto que em 2022 foram oficializados 83 casamentos, 2023 registrou 92, sendo o ano com maior número de registros desde 2015, de acordo com o Portal.

É o terceiro ano consecutivo com crescente em registros de casamentos. Em 2021, houve um aumento de 4,5%, em 2022  de 20,3% e no ano passado de 10,8%.

O mês com mais registros foi novembro, com 15. Já nos meses de janeiro, abril, maio e agosto, foram cinco casamentos em cada mês. Na média mensal, 2023 teve 7,6 registros.

Cabe ressaltar que os registros de nascimentos são lavrados onde a criança nasceu ou na residência dos pais, caso tenha Registro Civil na cidade. 

Dessa forma, uma criança que nasce em Três de Maio, mas que os pais residem em Nova Candelária é registrada em Três de Maio,  já que o município vizinho não possui hospital de maternidade e nem cartório de registro civil.

Outro exemplo é de uma criança que nasceu em Três de Maio, mas que os pais residem em Independência. Lá não tem hospital de maternidade, mas tem registro civil. Assim, o registro pode ser feito tanto em Três de Maio como em Independência.

 

Queda no registro de óbitos

Em contrapartida, o número de óbitos em Três de Maio teve uma queda de 10,5%. De 276 registros no ano de 2022, passou para  247 no último ano.  É o segundo ano seguido em que há queda no número de mortes, segundo o Portal da Transparência. Em 2022, houve queda de 12 registros.

O mês com o maior número de registros foi julho, com 41. Os meses com menor foram abril e dezembro, com 14 cada.

 

 

 

Número de nascimentos nos municípios da Microrregião cai, mas óbitos e casamentos crescem

Na microrregião de Três de Maio, o  ano de 2023 registrou recuo nos números de nascimentos nos municípios de Independência e São José do Inhacorá. 

Conforme dados do Portal da Transparência, apenas o município de Boa Vista do Buricá teve elevação, fechando o ano com 119 registros de nascimento. Alegria permaneceu com os mesmos 22 registros de 2022.

Quanto aos casamentos - Boa Vista do Buricá, São José e Independência, tiveram aumento. Já  Alegria  registrou sete casamentos a menos que em 2022, quando foram 12.

Sobre os óbitos, Independência teve um recuo significativo. Foram 50 registros em 2023, dez a menos do que em 2022.

Em contrapartida, Alegria registrou a maior elevação, com 10 óbitos a mais que em 2023, seguido por São José do Inhacorá, com quatro registros a mais  e Boa Vista do Buricá com três a mais que em 2022.

Os dados de Nova Candelária não estão especificados no Portal da Transparência do Registro Civil.