Notas Sandro

Notas Sandro

SICOOB X PROERD – Nos dias 5, 6 e 7 de julho, o Sicoob, por meio do Instituto Sicoob, realizou contos de história do livro “Caio achou uma moedinha”, para os alunos do Proerd em nove turmas de escolas municipais e estaduais em Três de Maio. No total, 195 alunos participaram da ação (conforme mostra a foto acima). Para Eliéges Flesch, pessoa de apoio estratégico da cooperativa, “estas ações são extremamente importantes para a formação das crianças, pois permite que elas tenham uma melhor compreensão sobre consumo e dinheiro, e assim desenvolvam uma vida financeira sustentável”.
 

DENGUE I – O painel da secretaria estadual de Saúde do RS aponta que já são 52.255 mil casos confirmados de dengue em 2022. Esses são os maiores números já registrados desde 2000, quando começou a série histórica de monitoramento da doença. Em todo o ano passado, foram 10,5 mil casos e 11 mortes no RS. A vítima mais recente é um homem de 69 anos de Independência.
 

DENGUE II – Na região, são de 2 mortes em Boa Vista do Buricá; 5 em Horizontina, 1 em Nova Candelária, 1 em Novo Machado, 1 em Santa Rosa e a mais recente em Independência.
 

RECOLHIMENTO – De galhos e restos de podas, em Três de Maio, segue na próxima semana, entre os dias 18 e 22 de julho, no Bairro Planalto. Nos demais bairros da cidade o cronograma será informado posteriormente.
 

BOTAFOGO – Dia 6 de agosto promove almoço – galeto (8 pedaços) – com massa ao alho e óleo. Valor R$ 40. A retirada pode ser a partir das 11h30min, no Estádio Estrelão. Não precisa levar vasilhame. Promoção: categorias de base.
 

SHOW JOÃO CHAGAS LEITE – Também dia 6 de agosto, no piquete TTP - Tradição, Trago e Parceria, em Três de Maio. Cartões limitados com os integrantes ou pelo 9 9159-2428 com Paulo.
 

JOVENS ELEITORES – O Brasil ganhou mais de 2.042.817 novos eleitores. Aumento de 47,2%, em relação a 2018, segundo o TSE. Eleitores dos 16 até os 24 anos representam quase de 14% dos eleitorado brasileiros e são os maiores consumidores de mídia digital do país.
 

APELAÇÃO I – Nas últimas semanas, a principal pauta da TV Globo é a fome e a falta de emprego no Brasil. São reportagens extensas e praticamente em todos os horários do noticiário da emissora e deve ser assim até as eleições. 
 

APELAÇÃO II – É ridículo e até constrangedor ver as pessoas que escolhem para as entrevistas. Geralmente, são mulheres com vários filhos, na maioria ainda pequenos e muitas a espera de mais um. Problemas, temos, e muitos. Porém, reportagens assim só envergonham nosso país e estas situações não são a regra dos brasileiros.  
Em tempo: Enquanto isso, empresários do Brasil inteiro reclamam da falta de pessoas para trabalhar, seja com ou sem experiência. Aqui em Três de Maio não é diferente.