Quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

21/07/2017 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - INVEJA. POR QUE INVEJA? - Ela existe. E ela se manifesta de diversas formas. Muitas vezes de forma disfarçada. Até emprestaram cor à inveja. E a cor dela, desde recuados tempos, é a amarela. Talvez, nem seja a cor mais apropriada, porque o amarelo não tem conotação pejorativa. Mas independente da cor, infelizmente, a inveja existe. E por razões, muitas vezes, absurdas. E nem se tem estatística, se a inveja é mais alimentada entre as mulheres, ou se entre os homens. Com certeza, a beleza preocupa e muito as mulheres e pode dar causa a manifestações invejosas. Entre os homens, a preocupação pela beleza não deve ser motivo de inveja, porque as mulheres são cada vez mais bonitas e os homens cada vez mais feios. Mas deve haver muitos outros motivos que agridem os invejosos. Assim não fosse, não haveria tanto desprezo pelos que têm elevado poder aquisitivo, pelos que ocupam posições privilegiadas. E também pelos que têm boa formação e estão realizados plenamente na vida.

BONS EXEMPLOS COMOVEM - Como este do rapaz de Uruguaiana, que encontrou na rua uma conta de água, pagou a conta e avisou a pessoa que havia perdido o dinheiro e a conta e devolveu o troco. Virou notícia na televisão, porque atitudes como esta são raras. O menino este poderia ser político da nova geração
.
"MUITOS DOS NOSSOS LÍDERES AMAM O OURO MAIS DO QUE TUDO. VÃO ACABAR SEUS DIAS COM A CABEÇA CHEIA DELE". A frase é de autoria do colunista David Coimbra. 

Não importa quem governa, nem qual o partido que governa, mas importa como governa. 

CUMPRIMENTOS - Finalmente existe um plano de ação para recolhimento de entulhos. Não se esperava outra coisa, porque por toda cidade existem montanhas de galhos. Evidentemente, o assunto precisa ser planejado, porque não é possível que os proprietários de imóveis joguem galhos e outros trastes na rua a qualquer tempo.

PORÉM - Sim, tem este porém. Os montes de galhos não podem ficar nas ruas e calçadas durante um mês ou até mais, como vem acontecendo. O perigo é o fogo que algum gaiato pode atear e causar acidente.
 
INADIMPLÊNCIA CULPA DE QUEM? - Há notícias de que a inadimplência do IPVA se aproxima de 10%. Como se explica isso? Quem não está em dia com o tributo, não pode circular. O não-recolhimento daquele tributo prejudica os cofres municipais e os servidores públicos. E é um acinte contra quem paga pontual e religiosamente seus impostos. Alguém precisa cobrar os inadimplentes. 

NINGUÉM DERRUBA - O Temer. Foi o que tem afirmado o colunista, desde os tempos mais encardidos. Nada a ver com sigla partidária, porque o colunista é apartidário, desde os 65, mais de 12 anos atrás. É que Temer tem timing e sabe jogar com as cartas. E tem méritos, porque alinhou a economia. E é isto que o povo quer. Querem derrubar Temer? Usem outros argumentos. Pelo visto, a oposição é burra. Só pensam em Lula. O que é isso?

NOVO ESTILO DE GOVERNANTES - O Brasil precisa de novo estilo de governantes. Nas eleições de 2018, temos que prescindir de candidatos da velha guarda. O Brasil não precisa das velhas raposas, que só pensam em si e no seu bolso. O que interessa mesmo é uma economia sólida. Sem desemprego e sem a ruína da Pátria. Aliás, os adversários querem repetir os últimos 13 anos.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/10/2017   |
06/10/2017   |
29/09/2017   |
22/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS