Sábado, 14 de dezembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1586
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Saque imediato do FGTS começa com movimento normal na Caixa

19/09/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O fato de ser creditado em conta possibilita aos beneficiários sacar o recurso a qualquer momento
Na última sexta-feira, dia 13, a Caixa iniciou o pagamento de R$ 500,00 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para correntistas do banco nascidos entre janeiro e abril. O calendário é feito em duas etapas: a primeira etapa para quem tem conta na Caixa e a segunda para quem não é correntista. O trabalhador que quiser sacar o dinheiro deve seguir o cronograma de acordo com seu aniversário. O prazo limite para a retirada é 31 de março de 2020 tanto para quem é como quem não é correntista da Caixa. 
Em Três de Maio, o fluxo de pessoas nos primeiros dias de liberação do saque foi normal. Como o valor entra na conta do beneficiário automaticamente, o correntista pode sacar a qualquer momento. O movimento nas agências da Caixa deve aumentar no mês de outubro, quando o saque dos não correntistas começa a ser liberado e muitos beneficiários terão que ir na agência para sacar.
A liberação dos saques de até R$ 500 do FGTS será maior a partir de 27 de setembro e em outubro deste ano, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Economia. Serão R$ 17,7 bilhões liberados para 44,3 milhões de pessoas, de um total de R$ 39,8 bilhões para 96,5 milhões de pessoas.

Pagar dívida é o principal destino para o recurso do FGTS, aponta pesquisa
De acordo com pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), aproximadamente 10 milhões de brasileiros - cerca de 38% - das pessoas que pretendem utilizar o recurso liberado do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vão usar o dinheiro para quitar dívidas. A pesquisa também aponta que 45% dos beneficiários têm interesse em fazer o saque.
Ainda segundo a pesquisa, 33% dos beneficiários devem guardar ou investir o dinheiro sacado, 24% vão usar o recurso em despesas do dia a dia e 17% pretendem fazer compras em supermercados. A pesquisa revela ainda que 13% pretendem fazer compras de produtos e serviços e 10% querem antecipar o pagamento de compras que não estão em atraso.
O cartão de crédito é a dívida mais citada pelos beneficiários que pretendem usar o valor para pagar contas, alcançando 42%. Na sequência aparecem contas atrasadas de telefone (20%), contas de luz (18%), água (16%) e empréstimos com parentes e amigos (16%). Em média, 42% dos beneficiários das contas do FGTS têm dívidas que não superam R$ 1 mil.

Calendário de saques para os trabalhadores que NÃO POSSUEM conta poupança na Caixa:
Mês de                Data de início
nascimento
Janeiro        18/10/2019
Fevereiro                25/10/2019
Março        08/11/2019
Abril                22/11/2019
Maio                06/12/2019
Junho                18/12/2019
Julho                10/01/2020
Agosto        17/01/2020
Setembro                24/01/2020
Outubro                07/02/2020
Novembro                14/02/2020
Dezembro                06/03/2020

Calendário de saques para quem POSSUI conta poupança na Caixa
Mês de                                                        Recebem 
nascimento                             a partir de
Janeiro, fevereiro, março e abril           13/9/2019
Maio, junho, julho e agosto                   27/9/2019
Setembro, outubro, novembro e dezembro    09/10/2019 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/09/2019   |
05/07/2019   |
22/03/2019   |
08/02/2019   |
11/01/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS