Sexta-feira, 18 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1579
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Pagamento de R$ 500 por conta do FGTS começa hoje

13/09/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
No primeiro momento, o dinheiro está disponível para os trabalhadores que têm conta-poupança na Caixa e nasceram de janeiro a 30 de abril.  Para os demais, o saque comecará em 18 de outubro

O calendário de saques de até R$ 500 das contas ativas e inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) terá início hoje, dia 13, para os trabalhadores que têm conta-poupança na Caixa Econômica Federal (agente operador do Fundo), e outubro, para os demais trabalhadores.
No chamado saque imediato, todos os trabalhadores com contas ativas ou inativas do FGTS poderão sacar até R$ 500 de cada conta. O calendário se estende até 31 de março. Nesta modalidade, são cerca de 33 milhões de trabalhadores, injetando R$ 28 bilhões na economia. Já para 2020, o valor adicional previsto é de cerca de R$ 12 bilhões, totalizando assim R$ 40 bilhões.
Já no caso daqueles que não têm conta-poupança na Caixa, o calendário de saques começará em 18 de outubro, e se estende para os trabalhadores nascidos em janeiro. Nesta modalidade, há 12 datas diferentes de início dos saques, sendo uma data para cada mês de nascimento.

Saque-aniversário
A partir de abril de 2020, o trabalhador que fizer a opção pelo saque-aniversário poderá sacar um percentual do saldo do FGTS anualmente.
Os interessados em migrar para esta sistemática poderão comunicar à Caixa a partir de 1º de outubro, nos canais a serem divulgados em fgts.caixa.gov.br. Ao confirmar a mudança, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.
A migração não é obrigatória. Caso o titular de conta do FGTS não comunique ao banco o interesse em migrar, permanecerá na regra do saque-rescisão. Quem realizar a mudança só poderá retornar à modalidade anterior após dois anos a partir da data de solicitação à Caixa.
Não haverá alteração relacionada à multa de 40% em caso de demissão sem justa causa para quem migrar para o saque-aniversário. O direito ao recebimento da multa rescisória permanece o mesmo, independentemente de qual seja a opção de saque do trabalhador.
As demais hipóteses de saque, como as relacionadas à aquisição de casa própria, doenças graves, aposentadoria e falecimento, não foram alteradas. O trabalhador poderá, portanto, mesmo em caso de opção pelo saque-aniversário, utilizar seu saldo para casa própria.

Calendário de depósitos automáticos de até R$ 500 por conta para trabalhadores que têm conta-poupança na Caixa:
Mês de nascimento                 Recebem a partir de
Janeiro, fevereiro, março e abril 13/9/2019
Maio, junho, julho e agosto         27/9/2019
Setembro, outubro, novembro e dezembro 9/10/2019 

- Os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 por conta (ativa e inativa)
- Se o trabalhador tiver conta-poupança na Caixa, 
o valor de até R$ 500 do saldo do FGTS será depositado 
automaticamente
- Trabalhadores que não têm conta-poupança na Caixa: quem dispõe do Cartão do Cidadão e sua senha poderá fazer o saque nos terminais de autoatendimento. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF

CRONOGRAMA DO SAQUE-ANIVERSÁRIO
Mês de nascimento  Período de saque 
Janeiro e fevereiro Abril a junho/2020
Março e abril              Maio a julho/2020
Maio e junho Junho a agosto/2020
Julho         Julho a setembro/2020
Agosto Agosto a outubro/2020
Setembro         Setembro a novembro/2020
Outubro         Outubro a dezembro/2020
Novembro         Novembro/2020 a janeiro/2021
Dezembro         Dezembro/2020 a fevereiro/2021

Calendário de saques para os trabalhadores que NÃO TÊM conta-poupança na Caixa:
Mês de           Data de início
nascimento
Janeiro              18/10/2019 
Fevereiro           25/10/2019 
Março                08/11/2019  
Abril                  22/11/2019 
Maio                  06/12/2019 
Junho                18/12/2019 
Julho 10/01/2020
Agosto 17/01/2020
Setembro 24/01/2020
Outubro 07/02/2020
Novembro 14/02/2020
Dezembro 06/03/2020

E quem não quiser retirar o recurso?
O trabalhador que tem conta-poupança na Caixa, não desejando retirar os recursos, deve informar ao banco por meio dos canais divulgados no endereço eletrônico fgts.caixa.gov.br, até 30 de abril de 2020, para que os procedimentos necessários sejam tomados e os valores não sacados retornem à conta vinculada ao FGTS.
Já os trabalhadores que não têm conta na Caixa não precisam fazer o comunicado. Se não quiserem retirar recursos do Fundo de Garantia, basta não comparecer para o saque. Assim, o dinheiro será mantido no conta do FGTS.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/09/2019   |
05/07/2019   |
22/03/2019   |
08/02/2019   |
11/01/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS