Domingo, 15 de setembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1574
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Você sabia que a ansiedade é uma das maiores inimigas da balança?

23/08/2019 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
A valeriana é uma planta usada há mais de 200 anos, na Europa, para a ansiedade e outros problemas relacionados ao sono. Com o nome originado do latim valere (ter saúde).
Seu consumo também é indicado para o estresse, incômodos cardíacos originados por nervosismo, câimbras, complicações com a menopausa e, pode ser útil para quem está tentando se livrar de algum vício, como o tabagismo ou transtornos alimentares causados pela ansiedade.
Embora o mecanismo de ação desta planta não seja totalmente conhecido, muitos estudos indicam que a valeriana causa um aumento dos níveis de gaba no organismo. O gaba é um neurotransmissor importante que ajuda a regular o sistema nervoso, acalmando e combatendo a ansiedade.
Os distúrbios de ansiedade e do sono são problemas comuns na população em geral e constituem motivo frequente de consultas nos cuidados primários, causando grande impacto na qualidade de vida e funcionamento do nosso organismo. 
Toda vez que você é confrontado com um fator estressante seu corpo libera os hormônios de estresse, adrenalina e cortisol. Eles, por sua vez, enviam sinais a outras partes do corpo, para prepará-las para agir. Por exemplo, o fígado libera glicose para fornecer energia instantânea para as células musculares. Os pulmões se expandem, o coração bate mais rápido, a pressão arterial se eleva para mandar mais sangue rico em oxigênio para todo o corpo. Tudo isso pode ocasionar condições comumente relacionadas ao estresse, desde hipertensão crônica, angina e refluxo gástrico, até constipação e síndrome do intestino irritável, depressão, ansiedade e fadiga.
O estresse pode até mesmo fazer você engordar. O cortisol não é apenas um poderoso estimulador de apetite: níveis cronicamente elevados estimulam as células gordurosas no abdômen a se encher com mais lipídios, criando uma forma de gordura, chamada gordura visceral, que aumenta o risco de doenças cardíacas e diabetes.
Ficar tenso também pode prejudicar o sistema imunológico. Como a maioria dos sistemas do corpo, ele tem natureza cíclica. Depois que o sistema imunológico termina o ataque a corpos estranhos, o cérebro libera a produção de cortisol, para suprimir a resposta imunológica. Se o corpo está produzindo cortisol o tempo todo, como sob estresse crônico, a imunidade está constantemente sendo suprimida, o que aumenta o risco de ficar doente.
Previna a ansiedade com Valeriana da Mais Natura!



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

06/09/2019   |
30/08/2019   |
16/08/2019   |
09/08/2019   |
26/07/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS