Sexta-feira, 20 de setembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1575
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Mais dois dias para visitar a Expofeira

04/05/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O público tem até domingo para visitar a Expofeira, de Três de Maio. Considerada uma feira multissetorial, nela os visitantes encontram uma diversidade de produtos, serviços e atrações. O encerramento está previsto para as 18h de domingo

'Somos uma feira multissetorial, de um povo que gosta e quer atrações diferentes', declara o presidente Marcelino Colla

Entre diversas autoridades, cerimônia teve a presença dos ministros Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) e Osmar Terra 
(Cidadania), bem como do secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho

Até o final da noite de quarta-feira, 25 mil pessoas já haviam passado pelo Parque de Exposições Germano Dockhorn


A abertura oficial da 16ª edição da Expofeira foi realizada na tarde do último sábado, 26, no centro de eventos da Expodinâmica, que foi planejado especialmente para esta edição da feira.
Apesar da tarde chuvosa e um tanto fria, um bom número de pessoas esteve presente. Entre as autoridades participantes da cerimônia, estiveram o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o ministro da Cidadania, o gaúcho Osmar Terra, o senador Luis Carlos Heinze (Progressistas) e o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho.
Também estiveram presentes prefeitos e outras lideranças da região, os deputados estaduais Jeferson Fernandes (PT), Ernani Polo (Progressistas) e Aloísio Classmann (PTB), os deputados federais pelo RS Elvino Bohn Gass (PT), Jerônimo Goergen (Progressistas), Pedro Westphalen (Progressistas) e Nereu Crispim (PSL), o presidente da ACI, Luís Fernando Souza, e o presidente do Sindilojas, Dilson Mireski, além das soberanas da feira, Eduarda Trage e Cíntia Klatt.
Primeiro a se pronunciar, o presidente desta edição da feira, o engenheiro agrônomo Marcelino Colla, chamou atenção para a união de esforços que possibilita a realização do evento e destacou a diversidade de atrações oferecidas dentro da programação.
"Este é um momento de celebrarmos as nossas conquistas e mostrarmos as nossas potencialidades. Somos sabedores de que nenhum de nós consegue alcançar esse resultado sem esforço", disse, agradecendo a todos os que atuaram em prol desta edição e aos que realizaram as edições anteriores.
"Com certeza, para o desenvolvimento de um local, de uma região ou de um povo, as pessoas precisam estar juntas, e a Expofeira é fruto do voluntariado. Cada um se doa para algo maior. Foram meses e meses de trabalho para que se concretizasse aquilo que vocês todos e todos os visitantes que receberemos vão poder visualizar", emendou.
Marcelino também realçou que a programação da feira busca atender aos mais diferentes públicos: "Somos uma feira multissetorial, de um povo que gosta e quer atrações diferentes, que quer mudanças. E esse povo é bastante crítico, e todas as comissões trabalharam com o objetivo de oferecer as mais diferentes opções de atrações, e isso será possível verificar aqui".
Abertura oficial da feira foi realizada na tarde do último sábado, no centro de eventos da Expodinâmica

Importância do turismo é destacada pelos ministros
O ministro Marcelo Álvaro Antônio disse que o turismo "pode, sim, ser a principal mola propulsora de geração de emprego e renda para o nosso país" e que o setor "precisa e deve estar no centro da agenda econômica do Brasil".
"Estou aqui na região Noroeste do Rio Grande do Sul, uma região com um potencial turístico enorme. E estive, ontem (sexta-feira), em uma reunião importantíssima em Puerto Iguazú, na Argentina, em que pudemos, de forma inédita, criar um produto turístico envolvendo alguns países do Mercosul", expôs.
Ele se referia à possível consolidação do Circuito Internacional das Missões Jesuíticas, um roteiro turístico-religioso que conectará atrativos relacionados à história e à cultura missioneiras nos cinco países por onde passará, caso concretizado: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia (confira detalhes na página 9 desta edição do Jornal Semanal).
O ministro Osmar Terra complementou o discurso de Marcelo dizendo que "o turismo é a maneira mais rápida de ativar a economia".
Ele também falou sobre o trabalho de sua pasta, citando, por exemplo, o programa Bolsa Família (que teve recentemente o anúncio da adoção de um 13º para os beneficiários) e as recentes mudanças na Lei Rouanet.
Entre essas mudanças, estão a redução do valor máximo por projeto inscrito, de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão (com exceção dos projetos classificados como "festas populares", que terão um limite de R$ 6 milhões), e a obrigatoriedade de que cada projeto contemplado reserve entre 20% e 40% de ingressos gratuitos, visando a beneficiar famílias de baixa renda.
"Queremos fazer com que a área social eleve o nível da cidadania, queremos trazer para a cidadania plena todos os brasileiros. Por mais humildes que sejam, que eles tenham a oportunidade de contato com a arte, com a dança, contato com a música, contato com o esporte", afirmou.

União dos parlamentares gaúchos no Congresso
Ao se manifestar, o secretário estadual Covatti Filho disse estar havendo uma união de parlamentares gaúchos no Congresso em prol de pautas importantes para o RS.
"Gostaria de registrar, como deputado federal licenciado, que nesta semana estive em Brasília na reunião da bancada e tenho que louvar cada vez mais a importância dessa união da bancada de deputados federais. Eles, por meio da emenda de bancada, junto com nossos senadores, estão contribuindo para sanar várias das grandes demandas que nosso estado tem", contou.
"Uma delas é a questão do acesso asfáltico de municípios, em que a bancada de deputados federais e senadores está colocando à disposição do Rio Grande do Sul uma série de recursos do governo federal, para suprir essa falta de recursos que o Estado tem para prestar esses serviços", disse.
O presidente da Câmara de Vereadores, Nelci Ângelo Recalcati (PDT), reiterou que o Legislativo "sempre estará junto daquilo que for importante para a sociedade de Três de Maio", comentando também que a Casa estará "sempre de braços abertos para atender, em conjunto com o Executivo, às empresas que queiram investir em nosso município".

Prefeito destaca caráter regional do evento
O prefeito Altair Copatti analisou, em seu discurso, que "a Expofeira é realizada aqui em Três de Maio mas é um evento regional".
"Aqui, temos a exposição daquilo que é produzido não só em Três de Maio, como também na região. O que nós vemos aqui exposto é um pouquinho de cada município da região. Nossa região é muito, eu diria, semelhante na sua constituição étnica, cultural", manifestou-se o prefeito.
Também fizeram uso da palavra o deputado estadual Ernani Polo, o deputado federal Elvino Bohn Gass e o senador Luis Carlos Heinze.

Após a cerimônia de abertura, foi realizado um ato simbólico do Encerramento Nacional da Colheita da Soja, atração promovida em parceria com a Fenasoja, de Santa Rosa. Na oportunidade, representantes da feira e autoridades se reuniram junto a grãos da cultura e posaram para fotos




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/09/2019   |
13/09/2019   |
13/09/2019   |
13/09/2019   |
09/09/2019   |
06/09/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS