Terça-feira, 23 de julho de 2019
Ano XXXI - Edição 1567
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Sicredi Noroeste passa a disponibilizar crédito imobiliário rural

01/02/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Limite de contratação é de R$ 100 mil por associado; opção pode ser utilizada tanto para construção quanto para reforma de imóveis residenciais
A Sicredi Noroeste RS está disponibilizando o crédito imobiliário rural, uma novidade da cooperativa. A opção é voltada à construção ou reforma de imóveis residenciais.
No total, R$ 10 milhões estão à disposição dos associados que são pessoa física, com o limite de R$ 100 mil por associado. Os recursos já estão disponíveis para contratação.
O associado precisa ser morador do interior - ou seja, o crédito não se aplica a quem mora na cidade e tem casa no interior.
A novidade foi apresentada à imprensa durante os tradicionais encontros promovidos pela Sicredi Noroeste com os veículos de comunicação regionais.
A amortização do crédito imobiliário da cooperativa pode ser mensal, semestral ou anual, com carência de até 360 dias. Os juros são de 9,5% ao ano, mais TR (a taxa referencial). O pagamento da contratação poderá ser efetuado em até dez anos.

Futuramente, meio urbano também deverá ser contemplado
Neste primeiro momento, o crédito imobiliário contempla somente o meio rural, mas a intenção é de posteriormente também atender os associados do meio urbano, ressaltou no encontro de Três de Maio o presidente da Sicredi Noroeste, Glei Amaro Linhares.
"Então, é importante que os associados tragam seus recursos para o Sicredi, porque depois o recurso vai ficar aqui na região", destacou ele.
O diretor-executivo da cooperativa, Evandro Sehn, disse ter convicção de que o crédito imobiliário "será um grande diferencial para o nosso produtor rural, que muitas vezes precisa de um complemento para fazer a construção da sua casa ou para manter um filho na propriedade".
Por outro lado, os recursos para custeio das lavouras de inverno poderão ser acessados a partir da segunda quinzena deste mês. A cooperativa está disponibilizando um total de 
R$ 44 milhões.

Construção da nova sede administrativa
Atualmente, a Sicredi Noroeste reúne em torno de 49 mil associados, dos municípios de Três de Maio, Alegria, Boa Vista do Buricá, Crissiumal, Doutor Maurício Cardoso, Horizontina, Humaitá, Independência, Inhacorá, Nova Candelária, São José do Inhacorá e Tiradentes do Sul.
Em relação a novas agências, a próxima inauguração será da agência urbana de Horizontina, no dia 22. Quanto à nova sede administrativa da Sicredi Noroeste (em Três de Maio, na Rua Horizontina, esquina com a Rua Santa Helena), a cooperativa espera receber até o final de fevereiro a aprovação do projeto pelo Município.
Nesta sexta, 1º, será publicada no site da Sicredi Noroeste (sicredinoroesters.com.br) uma carta-convite para empresas interessadas em se habilitar à execução das obras, junto com os requisitos e documentos necessários para a habilitação.
Além da sede administrativa, o prédio, com 5.696,51 metros quadrados de área construída, reunirá (entre outros ambientes) agência e um auditório, para 300 pessoas. A previsão é de que as obras tenham início na metade do ano, com possível conclusão no final de 2021.
Quanto a unificar ou não as duas agências hoje existentes em Três de Maio, Glei disse que antes de a decisão ser tomada a cooperativa vai querer ouvir os associados - hoje, os associados da agência da Rua Horizontina têm manifestado o desejo de que a unidade permaneça.

Assembleia geral ordinária será em 10 de abril
Em Três de Maio, o encontro com a imprensa regional foi realizado na terça, 29, no auditório da sede administrativa da cooperativa. Em Crissiumal, na segunda, 28, no auditório da agência rural do município - a qual abriga o memorial da Sicredi Noroeste.
Ambos os eventos tiveram início às 11h30min e foram seguidos de almoço. Nos encontros, foram apresentados, em primeira mão, assuntos que a partir do mesmo dia 29 (começando por Esquina Araújo, em Independência) iriam ser colocados aos associados nas reuniões de núcleos, nas assembleias de núcleos e na assembleia geral ordinária.
Os assuntos são os números da cooperativa em 2018, as projeções para 2019, novidades e a atuação social da Sicredi Noroeste, entre outras questões. O roteiro de reuniões e assembleias percorrerá os 12 municípios que compõem a área de atuação da cooperativa.
As reuniões de núcleos se estendem até o dia 27, com conclusão em Tiradentes do Sul. Já as assembleias de núcleos terão início em 7 de março, em Independência, e terminarão em 22 de março, também em Tiradentes do Sul. A assembleia geral ordinária será em 10 de abril, das 14h às 15h, em Três de Maio, no Clube Buricá.

Encontro em Três de Maio com a imprensa regional foi realizado na terça, no auditório da sede da cooperativa

Para 2019, projeção de resultado de R$ 44,3 milhões
No último ano, a Sicredi Noroeste RS teve um resultado de R$ 37,2 milhões. Para 2019, a projeção é de um resultado na ordem de R$ 44,3 milhões, crescimento na faixa de 19%.
"É uma meta bastante arrojada. Vamos fazer um esforço para chegar lá, mas sabemos que a pernada vai ter que ser forte para conseguirmos. Acreditamos que, com a economia se recuperando, com a perspectiva de uma boa safra, de milho, soja, e com o crescimento da nossa carteira de crédito, com a cooperativa emprestando mais dinheiro para o associado, pois ela tem liquidez para isso, vamos conseguir", projetou Glei.
O Fundo Social destinará neste ano R$ 551.506,07. Projetos das áreas da educação, cultura e esporte poderão ser contemplados com até R$ 5 mil cada, enquanto projetos das áreas do meio ambiente, saúde e segurança, R$ 10 mil.
As inscrições poderão ser feitas de 11 de abril a 15 de maio, e o regulamento poderá ser acessado no site da cooperativa. No último ano, o Fundo Social distribuiu R$ 527.456,34, entre 74 projetos contemplados, dos 125 que haviam sido cadastrados pelas entidades.
Glei Linhares e Nirio Simeão Metzka deverão permanecer, respectivamente, na presidência e na vice-presidência do conselho de administração da cooperativa, para a gestão 2019/2023. O prazo de inscrições das chapas para concorrer ao conselho se estendeu de 3 a 14 de dezembro.
Apenas a chapa encabeçada por Glei e Nirio (e que, seguindo as regras, reúne um representante por município e apresenta 1/3 de renovação) foi inscrita, vindo a ser homologada pela comissão eleitoral em 17 de dezembro. Para ter sua eleição concretizada, a chapa passará pela apreciação dos associados nas assembleias de núcleos, havendo na assembleia geral ordinária a homologação da eleição.

Presidente Glei Linhares ressaltou que intenção é de futuramente expandir o crédito imobiliário 
também para associados do meio urbano




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/07/2019   |
19/07/2019   |
19/07/2019   |
15/07/2019   |
12/07/2019   |
05/07/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS