Terça-feira, 11 de dezembro de 2018
Ano XXX - Edição 1536
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A importância da Ortodontia

30/11/2018 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
A Ortodontia é uma especialidade da Odontologia que se dedica à correção do alinhamento e nivelamento dos dentes através dos aparelhos fixos. 
Mais que uma questão estética, a importância da Ortodontia passa pela saúde bucal e interfere na saúde geral, pois são inúmeras consequências que os dentes mal posicionados podem causar ao organismo, como dores nos ouvidos e até mesmo na cabeça. Para falar sobre a importância da Ortodontia, e, tirar algumas dúvidas, entrevistei a cirurgiã-dentista Ana Carolina Bamberg, especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial.

Qual a importância do correto posicionamento dos dentes?
O correto posicionamento dos dentes permite uma adequada higiene bucal e, desta forma, reduz as chances de cáries, doenças gengivais e sensibilidade dentária. Além disso, permite uma boa mastigação dos alimentos, deglutição, fala e respiração, promove a longevidade da dentição e melhora a qualidade de vida. 

O que causa o mau posicionamento dos dentes e das arcadas dentárias?
Grande parte das más-oclusões (que é como se chamam, tecnicamente, esses problemas) são de natureza hereditária. Por exemplo: pode-se herdar dentes com tamanho desproporcional em relação aos maxilares, resultando em apinhamento por falta de espaço. O crescimento dos maxilares também pode estar alterado, gerando uma desproporção esquelética, como por exemplo, a mandíbula muito grande. Outras causas muito comuns de más-oclusões são as perdas de dentes de leite antes do tempo certo ou a presença hábitos bucais, como chupeta, sucção de dedo ou respiração bucal. A perda de dentes permanentes sem a adequada reabilitação protética também leva ao desequilíbrio da oclusão causando más-oclusões.

A idade interfere no tratamento ortodôntico?
A idade não deve ser um fator limitante do tratamento ortodôntico, pois os dentes podem ser movimentados em todas as idades. Entretanto, a abordagem deve ser diferenciada e direcionada, não por motivos mecânicos, mas sim por motivos biológicos, sociais e psicológicos. 

Quais os benefícios da Ortodontia?
Um sorriso bonito e saudável é importante em todas as idades. Os benefícios vão além de dentes bem alinhados, a Ortodontia vem para somar com outras especialidades da própria Odontologia e também com o trabalho de fonoaudiólogos e otorrinolaringologistas, por exemplo, no intuito de trazer saúde e bem-estar aos pacientes.

Qual a idade ideal para procurar um especialista em Ortodontia?
Apesar de não existir idade mínima para realizar a primeira consulta ao ortodontista, a época mais oportuna é no começo da troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes, ou seja, no início da dentição mista. Nesta fase, a ortodontia preventiva e interceptativa podem evitar a instalação de determinadas maloclusões ou ainda interceptar no caso de uma situação anormal já existente, de modo a restabelecer a evolução normal da oclusão. 

Qual a diferença entre Ortodontia e Ortopedia Facial?
Ortodontia: é a ciência e arte de alinhar e nivelar os dentes através dos aparelhos fixos. É indicada em casos nos quais os ossos estão bem relacionados e os problemas residem apenas no mau posicionamento dentário, tanto em crianças, como em adolescentes e adultos. 
Ortopedia Facial: é uma modalidade de tratamento ortodôntico que atua no crescimento da face, e é utilizada quando a criança está em fase de desenvolvimento. Através da Ortopedia Facial, o ortodontista tem a possibilidade de estimular ou conter, até certo ponto, o crescimento e posicionamento dos ossos da face. Nos casos de potencial genético predominante, a Ortopedia Facial pode não impedir uma intervenção cirúrgica futura, mas pode torná-la menos agressiva e mais estável, minimizando os impactos no crescimento.

Como o bruxismo interfere?
Pacientes que possuem bruxismo (ato de ranger/apertar os dentes) e que apresentam o encaixe inadequado dos dentes, correm mais riscos de terem problemas mais graves, tanto articular como muscular e/ou dentário. O aparelho ortodôntico por si só não trata o bruxismo, mas fornece condições para que os dentes tenham um encaixe adequado, para que a oclusão faça um papel de proteção mútua, diminuindo os riscos e consequências desse bruxismo.

Ana Carolina Bamberg Cirurgiã-dentista
Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial
CRO-RS 22956




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/11/2018   |
16/11/2018   |
09/11/2018   |
01/11/2018   |
01/11/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS