Terça-feira, 11 de dezembro de 2018
Ano XXX - Edição 1536
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Consulta Pública para reabertura do Hospital Municipal São Sebastião

23/11/2018 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
PTB protocola pedido e os vereadores do PDT, DEM e PP garantem no voto a realização da Consulta Pública para reabertura do hospital 

Executivo Municipal terá o prazo de 60 dias para realizar a Consulta Pública
"A luta da população do pequeno município de Alegria para salvar o Hospital Municipal São Sebastião, leva em conta que a saúde é o bem maior de qualquer cidadão e deve ser prioridade em todos os níveis de governo, diminuindo a ambulancioterapia e facilitando o acesso da população aos serviços hospitalares com direito a internação." Com este objetivo, a Executiva Municipal do Partido Trabalhista Brasileiro - PTB, motivado pelo drama vivenciado pela população com o fechamento do Hospital Municipal São Sebastião, formalizou a entrega de um pedido, requerendo a realização de uma Consulta Pública com a participação da população eleitoral, uma vez que, já foram realizados dois abaixo-assinados com apoio da população, sendo que o primeiro foi na tentativa de evitar o fechamento e o segundo, requerendo sua reabertura.
 Conforme os vereadores do PTB, proponentes do pedido, a Consulta Pública dá o direito para a população decidir, sendo este o último recurso possível proposto, para tentar sensibilizar todos os níveis de governo, e que teve a  sua aprovação garantida com os votos dos vereadores das bancadas do PDT, DEM e PP, na 18ª sessão ordinária, realizada no último dia  12, que acolheram  por unanimidade o Decreto Legislativo Nº 006/2018, que institui a Consulta Pública  para reabertura do Hospital Municipal São Sebastião, como Hospital de Pequeno Porte - HPP. 
Votaram a favor da consulta, os vereadores Pedro Ivo Poersch, Valdir Fernandes Rodrigues, Humberto P. do Rosário, Élcio José Bueno, Pedro de Lima Veiga, Janaine Heidecke, Diaine Liczbinski, Osvaldo Ribeiro da Silva Filho e Nelci Dymkovski.
Conforme o administrador Carlos Norberto Filipin, para tanto, o prefeito municipal, nos termos do dispositivo da Lei Orgânica Municipal, terá o prazo de 60 dias para a realização da Consulta Pública, e ao final deverá proclamar o resultado, que será considerado como decisão sobre a questão proposta, devendo o governo municipal, adotar as providências legais para sua consecução.
Filipin, explica que no estudo técnico, foi feito um amplo detalhamento da motivação para a reabertura do hospital. "É inerente ao ser humano diante de uma situação de dor, sofrimento ou desconforto, padecendo de algum mal ou simplesmente suspeitando que está doente, acende no nosso cérebro um sinal de alerta e nos remete quase involuntariamente à figura do hospital como um local adequado para resolver os nossos problemas de saúde", finaliza Carlos Norberto.

Vereadores aprovaram por unanimidade o Decreto Legislativo Nº 006/2018, que institui a Consulta Pública

População vai decidir em Consulta Pública se quer reabertura ou não do Hospital Municipal São Sebastião

FOTOS:ARQUIVO PESSOAL



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/11/2018   |
10/03/2017   |
25/04/2016   |
27/11/2015   |
21/08/2015   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS