Terça-feira, 23 de outubro de 2018
Ano XXX - Edição 1530
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

03/08/2018 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - A BELEZA DO ENCONTRO FAMILIAR - Para muitos, a família é de somenos importância. Há quem diga que o sistema antigo da família era bonito, quando todos - pais e filhos -  permaneciam juntos ou próximos. O paradigma atual não é mais este, porque os filhos se esparramam. É a necessidade do nosso tempo que faz com  que os filhos busquem novas fronteiras longe dos pais e do seu torrão natal. É a necessidade do emprego e da sobrevivência. Perceberam? Isso é bom ou é ruim? Para os filhos não é bom, mas necessário. Para os pais não é muito bom, porque a lonjura traz a saudade. Desse jeito manter a família unida é um quase-milagre. No batismo do 5° neto  - Miguel  Ângelo - de Blumenau,  todos dos quatro quadrantes, compareceram. É O SADIO ESPÍRITO FAMILIAR. 

MENOS LEITE, MENOS RECEITA - Caiu a produção de leite em Três de Maio. Os motivos são vários: falta de incentivo, preço baixo, problemas climáticos, greve dos caminhoneiros e muito produtores tradicionais se aposentaram para morar na cidade. Caiu sensivelmente o número de produtores. Isso é ruim, porque é um baque econômico para o bolso do povo e também dos cofres públicos. Lamentavelmente, os jovens não querem produzir leite. Inclusive, há os que não queiram que Três de Maio seja  a Capital Industrial do Leite. 

TEMOS QUE MELHORAR COLOCAÇÃO - Perto de Santa Rosa a nossa colocação precisa ser incrementada. Quando este comentarista fala e escreve que são precisos novos  projetos é disso que está falando. Sem novos projetos não  há incremento econômico e nem  social.  

FRASE BONITA - "CUMPRIMENTOS PELA BONITA FAMÍLIA QUE VOCÊ CONSTRUIU".  De irmão para irmão. 

FUTUROS GOVERNANTES - Os futuros governantes, para merecer o voto dos eleitores - que estão ao que parece mais exigentes - precisam ter entre outras características, as seguintes: ser e não apenas parecer honestos; ter condições e capacidade para endireitar a  nossa economia capenga; tomar a peito a segurança do nosso povo, acabando com o terror que estamos vivendo e dar um jeito em nossa Educação. Os eleitores estão cansados de falsas promessas demagógicas. 

POR ENQUANTO NADA NA RETOMADA DA ÁREA INDUSTRIAL II, que está se deteriorando. É um patrimônio que está sendo relegado. E absolutamente nada referente a projeto de casas populares. Não seria um assunto a ser debatido? 

SE TODOS pagassem religiosamente os seus tributos - IPVA, IPTU, ICMS, IMPOSTO DE RENDA, ENTRE OUTROS - a nossa economia seria outra. A responsabilidade é de quem deve cobrar os tributos. Infelizmente, são relapsos os governantes e deixam os maus contribuintes em paz. Muitos não pagam seu IPVA, mas reclamam das estradas. Pode?
 
OS IDOSOS ESTÃO ORGANIZADOS. ELES TÊM OS SEUS GRUPOS DA TERCEIRA IDADE, TÊM SUAS SEDES, TÊM SEUS GRUPOS DE DANÇAS E TÊM SEUS CORAIS. MERECEM CUMPRIMENTOS. 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |
28/09/2018   |
21/09/2018   |
14/09/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS