Domingo, 23 de setembro de 2018
Ano XXX - Edição 1525
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Parceria entre Setrem Corporativa, Prefeitura, ACI e Sindilojas para fomentar o comércio eletrônico das indústrias de pequeno e médio portes

22/06/2018 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Projeto 'Conexão: do planejamento ao marketplace' foi lançado nesta semana e recebe inscrições
Foi lançado nesta semana, durante solenidade na Setrem, o projeto "Conexão: do planejamento ao marketplace", que objetiva fomentar o comércio eletrônico das indústrias de pequeno e médio portes de Três de Maio.
O projeto é uma parceria entre Setrem Corporativa, Prefeitura de Três de Maio, ACI e Sindilojas para auxiliar os empresários na venda de produtos além do mercado regional. A solenidade, que contou com a presença de empresários e autoridades, foi realizada na noite terça, 19, na Afuset (Associação dos Funcionários da Setrem).
Compuseram a mesa principal o diretor-geral da Setrem, Sandro Ergang, a presidente da Mantenedora Setrem, Dalva Lenz, o prefeito Altair Copatti e a vice Eliane Fischer, o presidente da ACI, Luis Fernando de Souza, e o presidente do Sindilojas, Dilson Mireski.
A iniciativa do projeto partiu do poder público, que identificou com os empresários a necessidade de vender seus produtos de maneira diferenciada no mercado. Após reuniões entre as instituições parceiras, foi definida uma metodologia de trabalho.
O limite de inscrições é de 25 empresas, com cada uma podendo participar com até duas pessoas.

Apresentação do projeto foi feita pela assessora da Setrem Corporativa, Grasiela Ceccon Rambo
(FOTO: MURIAN CESCA)

Projeto terá duas etapas
Na metodologia do projeto, o qual tem prazo de execução até este ano, serão pelo menos duas fases. A primeira, gratuita para as empresas e financiada pelo Município, ocorrerá entre julho e outubro, começando no próximo dia 12, e envolverá aulas teóricas e práticas, com professores capacitados e carga horária de 48 horas.
Esta etapa abordará, além do comércio eletrônico, também layout da empresa e da produção, planejamento e metas de vendas, custos e formação de preço, gestão financeira do negócio, gestão da qualidade, gestão mercadológica e gestão de compra e venda.
Já a segunda fase, que não é gratuita, será de assessoria presencial nas empresas - aproximadamente 24 horas por empresa. Ela poderá ocorrer via Sebraetec ou com consultoria direta da Setrem.
Sendo a primeira opção, a Setrem fará a execução pelo Sebraetec. Os instrutores/consultores serão da Setrem, credenciados pelo Sebrae. Os custos serão cobertos em 70% pelo Sebrae, com os 30% restantes ficando a cargo da empresa.
Ainda poderá haver outras fases, que virão por meio de demanda e necessidade das empresas, com as questões financeiras sendo estudadas posteriormente.

Identificação de onde o negócio pode melhorar
"Muito mais do que despertar o interesse pelo comércio eletrônico, o projeto fará com que o empresário olhe para dentro do seu negócio e identifique onde pode ser mais eficiente e eficaz", ressaltou a assessora da Setrem Corporativa, Grasiela Ceccon Rambo, na apresentação do projeto.
Durante os pronunciamentos das autoridades, os quais antecederam a apresentação, Sandro Ergang avaliou que as empresas precisam estar preparadas para competir neste novo cenário transformado pela tecnologia.
"Por meio deste projeto, a Setrem quer ser um elo, uma mediação entre o mercado e as empresas, a fim de buscar entender melhor este cenário, como ele se comporta, e encontrar alternativas criativas para que o comércio local não seja mais prejudicado do que já foi até agora", destacou o diretor-geral da Setrem.
Na visão do prefeito Altair Copatti, é necessário acompanhar as novidades tecnológicas que já estão presentes em várias partes do mundo. "A ideia é de que nossos empresários e empreendedores possam se inserir neste mercado digital. Se nós compramos tanto pela internet, por que também não podemos vender mais o que nós produzimos aqui?", questionou.
Após a apresentação do projeto, o público acompanhou uma palestra com o empreendedor da área de tecnologia Cledison Eduardo Fritzen, natural de Santa Rosa e que atua em Ijuí. Ele abordou os principais conceitos da Indústria 4.0 e apresentou perspectivas de negócios para o futuro.

Solenidade reuniu empresários e autoridades; compuseram a mesa principal o presidente do Sindilojas,
Dilson Mireski, a vice-prefeita Eliane Fischer, o prefeito Altair Copatti, o diretor-geral da Setrem, Sandro Ergang, a presidente da Mantenedora Setrem, Dalva Lenz, e o presidente da ACI, Luis Fernando de Souza
(FOTO: MURIAN CESCA)


FOTO PRINCIPAL: EDUARDO ERTHAL/SETREM/DIVULGAÇÃO



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

31/08/2018   |
31/08/2018   |
24/08/2018   |
24/08/2018   |
24/08/2018   |
17/08/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS