Quarta-feira, 20 de junho de 2018
Ano XXX - Edição 1512
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Açafrão-da-terra: a revolução natural na redução da dor!

25/05/2018 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
Artrite, artrose, hérnia de disco, tendinite, etc. Só quem vive com alguma dessas condições sabe como a dor estraga a vida e o nosso bem-estar, e como pode ser difícil conseguir alívio dessas dores.
A dor que você sente, muitas vezes, é resultado de uma inflamação. E é aí que entra a cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra. Ela é rica em curcumina, uma substância de efeito anti-inflamatório conhecido há anos e comprovado por diversos estudos no mundo. Com a concentração certa de curcumina, pesquisas comprovaram que a cúrcuma realmente reduz a dor e a inflamação, sem nenhum efeito colateral.
E o que é melhor, a cúrcuma pode ser usada sem interrupção, como um alimento, sem quaisquer riscos e é extremamente eficaz na redução da dor.
O açafrão é normalmente consumido como tempero no dia-a-dia, sem suspeitarmos que, em doses corretas, ele pode ser um poderoso anti-inflamatório que reduz as dores crônicas de forma natural.
Mas, não é simplesmente temperar a comida com cúrcuma de vez em quando. Tudo depende da dose correta, da frequência de consumo e do meio de administração correto para funcionar.
 A cúrcuma usada para tempero tem uma concentração baixa de curcumina, o que exige uma dose diária de consumo. Além disso, o calor do preparo da comida degrada parte da curcumina, o que faz com que a cúrcuma que usamos de tempero tenha uma ação menor sobre a dor.
É aí que entra a cúrcuma em cápsulas, que, além de possuir maior concentração e mais praticidade de consumo, mantém todos os benefícios do consumo dela como tempero.
Cúrcuma em cápsulas você encontra na Mais Natural!




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/06/2018   |
08/06/2018   |
01/06/2018   |
18/05/2018   |
11/05/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS