Domingo, 23 de setembro de 2018
Ano XXX - Edição 1525
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

02/03/2018 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - PERSISTÊNCIA - Se fizer uma pesquisa, descobrir-se-á incrivelmente que nada cai do céu. A não ser a chuva, a neve e o granizo, ou algum meteoro. Isso significa que as conquistas obtidas pelas pessoas, não é obra do acaso. Tudo é motivado pela luta persistente. Não são muitas as pessoas que não cansam nunca em busca de sucesso, em busca de vitórias. São persistentes e, por isso, alcançam objetivos e constroem a sua vida. Geralmente, as vitórias de pessoas bem sucedidas é atribuída à sorte. Ao invés de ser atribuída à luta incansável e pertinaz. Quase sempre as grandes realizações em todos os quadrantes têm o dedo de alguém que se encheu de brios e foi buscar o êxito. Por isso, convém reconhecer e valorizar os empreendedores, que infelizmente são poucos. Há casos incríveis, quase inacreditáveis de empreendedores, que operaram verdadeiros milagres. Faça uma rápida pesquisa em sua volta e você verá que existem alguns casos de pessoas que não descansam em busca do êxito.  Graças a Deus. 

A CONTESTADA -  A comunidade deve estar lembrada de como foi conquistada aquela obra do asfaltamento da perimetral no mandato da governadora Yeda Crusius, do PSDB, concluída no governo de Tarso Genro, do PT.  Aquela obra de 4,2 km, que liga a Avenida Santa Rosa com a BR-472, no trajeto da Setrem e a localidade de Bela Vista. Sem dúvida, foi uma das obras mais importantes da administração anterior. Na época, a obra foi muito contestada pela oposição, porque traria todo movimento para dentro da cidade, se alegava. Inclusive, foi contestada a nomenclatura, já que alguns contestadores diziam que não se tratava de uma perimetral. Na época, a oposição jurava que a obra não seria concluída no governo de Tarso Genro. Mas foi. Méritos do então prefeito. 

O ASFALTAMENTO DA PERIMETRAL FOI UMA GRANDE CONQUISTA. HOJE, SERIA INVIÁVEL.
 
PAULEIRA - Agora, um projeto de lei - Projeto de Lei nº 003/2018 - enviado pelo Executivo para apreciação do Legislativo virou motivo para forte pauleira.  Vereadores de oposição alegam que o Executivo quer empurrar o projeto goela abaixo, o que é contestado pelos vereadores situacionistas, porque a matéria teria sido discutida com a comunidade. Parece que a comunidade, entre eles proprietários de áreas existentes ao longo do trajeto, não concordam com o que dispõe o projeto.  Pelo que se percebe nas ruas  o assunto vai dar muito pano para mangas. 

"A PREVIDÊNCIA É SUPERAVITÁRIA E A REFORMA NÃO TEM MOTIVO DE EXISTIR". A afirmação, verdadeira ou não, é do senador gaúcho do PT, Paulo Paim. 

HÁ COISAS BEM MAIS IMPORTANTES DO QUE SE PREOCUPAR COM RENATO PORTALUPPI E SUAS FOLCLÓRICAS CONQUISTAS E A LESÃO DE NEYMAR, NESTE PAÍS DE TANTAS DEFICIÊNCIAS. 

PREÇOS DE GRÃOS - Os preços da soja tendem a aumentar em função da queda da produção. A safra será menor no Rio Grande do Sul, por causa da seca na metade Sul do Estado. Na Argentina, também, em consequência da seca, a produção da oleaginosa será menor do que na safra passada. Enquanto isso, os preços do arroz, milho e trigo não reagem. Sobretudo, os arrozeiros estão muito revoltados com o baixo preço do produto, que começou a ser colhido.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

06/09/2018   |
31/08/2018   |
24/08/2018   |
17/08/2018   |
10/08/2018   |
03/08/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS