Terça-feira, 19 de junho de 2018
Ano XXX - Edição 1512
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Mês da mulher: programação tem início com distribuição de cartaz com o número do disque-denúncia e do Centro Flor de Liz

02/03/2018 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Mutirão de distribuição no comércio teve início na manhã de ontem e continuidade à noite; ação visa ao cumprimento, por parte dos estabelecimentos, de lei municipal

A programação do mês da mulher em Três de Maio teve início com a distribuição, a estabelecimentos comerciais da cidade, de um cartaz que contém o número do disque-denúncia da violência contra a mulher - o Disque 180 - e o número do Centro de Referência da Mulher Flor de Liz (CRM).
Iniciado na manhã de ontem, 1º, o mutirão de distribuição do cartaz foi realizado visando ao cumprimento da lei municipal nº 2.960, datada de abril do ano passado. A lei, de autoria do vereador Josias Correa (PRB), "dispõe sobre a obrigatoriedade de afixação, no âmbito do município de Três de Maio, de avisos com o número do disque-denúncia da violência contra a mulher (Disque 180)".
A definição de quais estabelecimentos devem dispor do aviso faz com que praticamente a totalidade do comércio deva respeitar a obrigatoriedade. Também são inclusos os prédios ocupados por órgãos e serviços públicos e os veículos destinados ao transporte público municipal.

Padaria São Francisco, localizada na Rua Horizontina, recebeu ato simbólico, que contou com pronunciamentos, 
e, depois, local teve a afixação do primeiro cartaz no âmbito do mutirão

Cartaz está disponível para retirada na Secretaria de Políticas da Mulher
O mutirão pelas ruas da cidade foi precedido de um ato simbólico na Padaria São Francisco - na Rua Horizontina -, o qual contou com pronunciamentos. Na sequência, em continuidade ao ato, a padaria teve a afixação do primeiro cartaz no âmbito do mutirão. Após, os participantes visitaram outros estabelecimentos comerciais, distribuindo o cartaz e falando sobre a existência da lei.
"Como a lei é do ano passado, leva um tempinho para a gente fazer o cartaz e divulgar a lei. Então, a partir de hoje, estamos distribuindo o cartaz para cada um colocar nos seus estabelecimentos", disse a secretária de Políticas da Mulher, Márcia Herbertz.
O vereador Josias foi um dos presentes ao ato. "Fico feliz que as políticas estejam sendo cumpridas, para que as mulheres (em situação de violência) tenham a quem recorrer, para que saibam que, ligando para o 180, não vai ter alguém que vá cobrar alguma coisa delas, e sim lhes dizer que elas têm total liberdade de denunciar seus agressores e buscar que eles sejam punidos", declarou o parlamentar.
O ato e o mutirão foram promovidos pela Secretaria Municipal de Políticas da Mulher, pela Rede Municipal de Proteção à Mulher, pelo Centro Flor de Liz e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim). O mutirão teve continuidade à noite, em bares, restaurantes e outros locais de funcionamento noturno.
O cartaz está disponível para retirada na Secretaria de Políticas da Mulher. A programação do mês da mulher terá uma série de eventos, que devem se estender até o dia 24.

FOTOS: MURIAN CESCA



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/06/2018   |
08/06/2018   |
01/06/2018   |
01/06/2018   |
25/05/2018   |
25/05/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS