Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Escola de Campo de Caúna deverá ofertar vagas já para o ano letivo de 2018

17/11/2017 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Promover o conhecimento sobre teoria e a prática com vivências no campo. Esta é uma das propostas do projeto que está sendo implementado pela Secretaria Municipal de Educação e vai iniciar já no próximo ano em Três de Maio - Escola de Campo de Caúna.  
Na noite de 8 de novembro, a comunidade três-maiense lotou as dependências da Câmara de Vereadores para dialogar sobre o assunto e conhecer o projeto da primeira escola de campo em turno integral do município.
A previsão, conforme a secretária municipal de Educação, Tânia Georgi, é que o projeto inicie regularmente já no início letivo do ano de 2018, com turmas de pré-escola, 1º, 2º e 3º anos das séries iniciais. Devem ser ofertadas, inicialmente, 125 vagas, e gradativamente ir crescendo e alcançando as séries maiores. 

Propriedades rurais como laboratórios práticos
Propriedades rurais dos agricultores que apoiam o projeto devem se tornar laboratórios práticos e sala de aula para os alunos. Nelas, os alunos terão a oportunidade de ver a ordenha, observar o nascimento de animais, acompanhar o plantio de frutas e hortaliças, ou seja, um resgate dos conhecimentos do campo para as crianças. 

Transporte escolar da cidade para o interior
Presentes na reunião, muitos pais demonstraram o interesse em matricular seus filhos na escola de campo. Além das crianças que residem em Caúna, a escola vai permitir o transporte escolar inverso, levando crianças da cidade para ter aula no interior. 
Vale ressaltar que a escola de campo trabalhará as disciplinas básicas de qualquer escola, o que diferencia de uma escola regular, é o fato de haver disciplinas e oficinas voltadas à questão do campo, agroecologia, agroflorestas e desenvolvimento sustentável, através da produção orgânica de alimentos. E, ainda contará com oficinas voltadas à música, dança e esportes.

Três fases paralelas
A Escola de Campo de Caúna deve ocorrer em três fases paralelas (Fase I - migração de escola estadual para municipal de tempo integral, novo projeto político pedagógico, público/objetivos/metodologia, Base Nacional Comum Curricular e desenvolvimento de currículo próprio; Fase II - envolvimento das entidades locais e regionais para os desenvolvimento de ações; Fase III - desenvolvimento de arranjo produtivo social, cultural e local).
Para que o projeto se fortaleça, equipe da secretaria tem mantido contato com outras escolas rurais para a troca de experiências. 
Conforme informações da secretaria, o prazo de inscrições para os interessados em matricular seus filhos na escola de campo deve iniciar nos próximos dias. 

No registro: Muitos pais, presentes na reunião, demonstraram interesse em matricular seus filhos na escola de campo em Caúna

FOTO: Gabriel Lautenschleger / Coordenadoria de Comunicação



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS