Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Click Social

03/11/2017 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
"O amor só pode acontecer nas pessoas 
que atravessaram a ante-sala da paixão. 
Somente depois de conhecidos limites 
e virtudes é o que o amor é real!"
Padre Fábio de Melo


As faces da morte!
Pelos nossos entes queridos
Nada é mais certo e triste do que a morte. 
Despedir-se de alguém, que nunca mais veremos, machuca, causa dor na alma e deixa a gente sem chão. 
Mas, se a morte é a única certeza que temos, porque tanta dor quando perdemos alguém que amamos? Será que temos que nos preparar para a morte? Uns dizem que a morte é libertação e passagem, para mim, é solidão e inquietudes. 
Somos incentivados todos os dias, para viver com amor e sabedoria, mas não somos ensinados a conviver com a perda que a morte traz.
A morte é cruel, boba, às vezes, a causa é à toa, e, mesmo assim temos a morte. 
A morte chega sem avisar, é silenciosa, e assombra. Pode chegar devagarzinho, ou de repente, mas de qualquer forma, sempre haverá alguém que irá chorar pela morte.
A morte tem o dom de frustrar, ela tira o sonho da viagem agendada, da casa nova, e da festa confirmada. Ela é patética, deixa no guarda roupa, o par de calçado novo e na estante os livros sem ler. 
A morte chega para o rico e para o pobre, para o novo e para o velho, entra nos corredores do SUS, nos melhores planos de saúde e nos melhores hospitais do mundo.
Para mim, a morte é escura, pesada e dolorida. É injusta, precoce e temida. 
O médico, que por anos e anos estuda, para salvar a vida, muitas vezes não sabe explicar a causa da morte. A morte cala, enfraquece, traz ressentimentos.
Ninguém aprende com a morte, a reconstrução é pela vida que fica, e, não pela morte.
 Somos vivos mortos e outras vezes, mortos vivos. Crença, fé, ensinamentos, nada de entendimento. Somente prece!
A morte me envelhece, entra no meu pensamento, invade minhas lembranças, cessa o meu dia. 
Eu respeito à morte, pela certeza da existência, mas eu discordo das circunstâncias. 
Fui preparada para viver, não para morrer, mesmo que, seja para morrer  aos pouquinhos, ainda assim, quero viver. 
Yara Lampert


Confira os click da edição:

Registro dos alunos das turmas Tots, Kids e Teens do Wizard, que no  fim da tarde  do dia  30, 
participaram da  atividade "trick or treating" quando percorreram ruas da cidade em busca de doces ou travessuras. 
Muita diversão e alegria.

Férias em família; Luciano Busse, a esposa Jaciara Botton e a filha Valentina Botton Busse,
em dias de puro descanso e relax em Caldas Novas. Merecem!

Nair Bialeski, visitando a filha Evelin, que reside em Curitiba. 
Aproveitaram para turistar no Palácio de Cristal do Jardim Botânico

A linda e competente quiropraxista Joanna Dal'Aqua Roman, gravidinha da pequena Cecília, não para nunca. 
Agora, passa a atender na Rua Tereza Verzeri, nº1130, sala 301, no prédio ao lado do Hospital São Vicente de Paulo. 
Os agendamentos 
podem ser feitos pelo Whatsapp e pelo telefone 99142-1474.

Autêntica, colorida, despojada e de bem com a vida, um belo registro que tem tudo a ver! 
Lurdinha Bender em Holambra e Atibaia

Valentine Mann, em um lindo registro.
Ela tem um sorriso marcante, uma alegria intensa, 
combinando com o mar e com as pegadas na areia... 
Para amar a vida inteira! 

Doces e Sabores
A Doces e Sabores sempre com muitas delícias para seus clientes. Destaque para os lanches naturais e, 
para as tortas com sabores inigualáveis. Faça já sua encomenda para o final de semana!

Empório Tutui
O que é bom precisa ser comentado e, merece todos os elogios a Parrila do Empório Tutui. 
Acompanha entrada e no prato principal batatas, e dois molhos: um de alho e Chimichurri. 
A carne nobre, chega no ponto que o cliente quer. Recomendo. 







Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/12/2017   |
01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS