Segunda-feira, 25 de setembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1476
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Workshow Soluções Criativas

25/08/2017 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
Nesta edição, uma entrevista com Thedy Corrêa, vocalista da Banda Nenhum de Nós, e, palestrante do Workshow  Soluções Criativas, que acontece dia 30 de agosto, próxima quarta-feira, no Clube Buricá de Três de Maio. A promoção é do Curso de Engenharia de Produção da Setrem, em comemoração aos seus 13 anos. No Workshow, Thedy Corrêa alia todo o seu conhecimento, sua experiência, através da fala e também intercala com momento musical

Como surgiu o trabalho em Workshow?
A ideia surgiu de minha inquietude, de minha vontade de compartilhar a experiência acumulada em 30 anos de carreira na música. Um amigo jornalista me ajudou a enxergar qual poderia ser a abordagem e também o objetivo. Foram dois anos de pesquisa e desenvolvimento de conteúdo até chegar à palestra Workshow - Soluções Criativas.

Suas palestras são bem dinâmicas. Como você interage as temáticas com a música? 
A música é um elemento comum na vida das pessoas e isso serve como princípio para aproximar o ambiente de trabalho de cada um, de uma visão criativa dele. Abordamos o trabalho em equipe, por exemplo, com conceitos que se referem à um coletivo musical. Ou seja, a música passa a ser vista de uma forma nova e criativa. 

O que muda do Thedy Corrêa, vocalista da Banda Nenhum de Nós, para o Thedy palestrante?
No show não falo tanto...hehe. Na verdade, a experiência de palco ajuda muito na palestra e minha capacidade de oratória não seria a mesma não fossem os shows. Em resumo, os dois "Thedys" se ajudam mutuamente. 

Como você administra suas atividades profissionais?
A agenda de shows ocupa os finais de semana, de quinta até domingo. As palestras, o restante da semana. Tenho uma estrutura competente na Insperiência (agência) que me ajuda a não perder boas oportunidades, assim como o escritório do Nenhum de Nós é um dos mais experientes do rock nacional. Ou seja, minha retaguarda me ajuda a ser um profissional mais organizado. 

Qual a sua maior inspiração para as composições?
Gosto de me inspirar nas histórias reais que a vida me faz conhecer. Creio que a realidade contida nas canções faz com que as pessoas se conectem com meu trabalho de uma forma mais forte e duradoura, tanto que canções como "Camila", tocam nas rádios até hoje. Não perdem a atualidade.


FOTO: RAUL KREBS





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
18/08/2017   |
11/08/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS