Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Conheça os novos chips feitos em óleo de palma: saúde sem abrir mão do sabor

18/08/2017 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
Alimentos fritos sempre têm grande aceitabilidade por parte dos consumidores, devido as suas características de sabor e textura. A utilização de produtos fritos e pré-fritos por consumidores domésticos e serviços de alimentação, tem crescido e novos produtos têm sido desenvolvidos, aumentando a importância do segmento de fritura industrial para a indústria de alimentos em geral. Os maiores desafios da indústria de alimentos fritos atualmente, é produzir alimentos com menores teores de gordura e pouca ou nenhuma gordura trans.
A batata doce e o aipim chips são fritos no óleo de palma, que é um excelente meio de fritura, por apresentar baixo índice de iodo e baixo nível de ácidos graxos poli-insaturados. 
O óleo de palma é usado para cozinhar e também é adicionado a muitos alimentos prontos para consumo. É frequentemente usado para refogar ou fritar porque tem um alto ponto de fumaça, de mais ou menos 232°C e permanece estável sob alta temperatura.
 Na década de 1980, o óleo de palma foi substituído por gorduras trans em muitos produtos, devido à preocupação de que o consumo de óleos tropicais poderia comprometer a saúde do coração. No entanto, após estudos revelarem os riscos para a saúde das gorduras trans, os fabricantes de alimentos retomaram o uso de óleo de palma. Este óleo também é encontrado em muitos produtos não-alimentares, como creme dental, sabão e cosméticos.
O principal tipo de gordura saturada encontrada no óleo de palma é o ácido palmítico, que contribui com 44% de suas calorias. Também contém pequenas quantidades de ácido esteárico, ácido mirístico e ácido láurico de cadeia média.
Estudos em animais e em seres humanos sugerem que os tocotrienóis presentes no óleo de palma podem ajudar a proteger as delicadas gorduras poli-insaturadas do cérebro, retardar a progressão da demência, reduzir o risco de acidente vascular encefálico e prevenir o crescimento de lesões cerebrais. O óleo de palma pode ajudar a proteger a função cerebral, reduzir os fatores de risco de doença cardíaca e aumentar os níveis de vitamina A em certas pessoas.
Aproveite os benefícios dos aperitivos fritos em óleo de palma que você encontra na Mais Natural!





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/12/2017   |
01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |
03/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS