Sexta-feira, 18 de agosto de 2017
Ano XXIX - Edição 1470
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Cláudio da Luz Siqueira

21/07/2017 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Idade: 34 anos
Casado com: Zoni Mangini 
Natural de: Maravilha-SC                 
Reside em: Três de Maio, há 25 anos
Filho de: Nelson da Luz Siqueira e Nair Warken Siqueira
Escolaridade: Ensino Superior Incompleto
Profissão: Secretário de Obras
Leia-se: Prefeitura Municipal de Três de Maio (Sec. Obras)
Se pudesse mudar de profissão, seria: bombeiro militar 
Jamais poderia trabalhar como: dentista
O que mais gosta em seu trabalho: poder ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas
Como você se define: determinado e comprometido
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: a minha infância 
Qual a lembrança mais marcante da sua infância: a saída da minha família lá do interior de Maravilha SC, para vim morar aqui na cidade de Três de Maio
O que gostaria de ter sabido antes: como os estudos ajudam a melhorar a nossa vida
Livro que mais marcou: A Cabana, de William P. Young
O melhor conselho que já recebeu: "você deve estudar"
Time: Grêmio
Hábito que não abre mão: tomar um bom chimarrão
Não sai de casa sem: pedir proteção
Prato preferido: peixe assado e um bom churrasco 
O que não pode faltar na sua geladeira: não sou muito chegado numa geladeira
Paisagem que mais impressiona: Serra Gaúcha 
Opinião sobre redes sociais: para mim muito importante e fundamental, pois é indispensável para a conclusão do meu curso e para o trabalho
O negócio do futuro é: saúde, educação e infraestrutura, pois sem estes três serviços não somos nada 
Queixa de consumidor: a forma de atendimento de alguns comércios 
Nome de sucesso: Cláudio da Luz Siqueira 
Sonho de consumo: uma chácara ou um sítio
Três de Maio é uma cidade acolhedora e próspera que me acolheu e me viu crescer, por isso, faço de tudo para retribuir o que ela já me deu e me ajudou a construir
Seus aplausos vão para: as pessoas voluntárias da nossa cidade, principalmente, para os Bombeiros Voluntários, do qual faço parte
Nota zero para: A impunidade




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/08/2017   |
04/08/2017   |
28/07/2017   |
14/07/2017   |
07/07/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS