Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Alexandre Monteiro Wandscheer

09/06/2017 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Idade: 18 anos
Natural de: Três de Maio - RS / Reside em: Foz do Iguaçu - PR, há 4 meses 
Filho de: Edson Vanderlei Wandscheer e Julecene Monteiro Wandscheer 
Escolaridade: cursando Ensino Superior em Fisioterapia na Cesufoz 
Por que a opção por Fisioterapia? tinha dúvida entre Odontologia e Fisioterapia. Depois que conheci a Fisioterapia, não troco por nada
Jamais poderia trabalhar como: administrador
O que mais gosta em seu trabalho: a Fisioterapia se define em contato com o paciente, o prazer de ajudar as pessoas. É a primeira coisa que você aprende sendo fisioterapeuta
Como você se define: às vezes eu me defino como um homem sonhador, outras vezes pé no chão. Sou uma pessoa alegre, divertido, brincalhão, orgulhoso, romântico, amigo, uma pessoa educada e humilde
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: minha infância foi muito marcante. Estudava de tarde. Era só esperar acabar aula e sair correndo, chegar em casa, largar a mochila, comer alguma coisa ligeiro e sair pra brincar, jogar futebol, andar de bike, entre outros. O melhor de tudo que não tinha hora pra voltar pra casa
Qual a lembrança mais marcante da sua infância: quando ganhei a minha primeira bola de futebol
O que gostaria de ter sabido antes: a maturidade vem com a vida, com a experiência. Com os nossos tropeços e, principalmente, quando nos levantamos deles. Por isso, a equação é sempre "vivendo e aprendendo" e não o contrário
Livro que mais marcou: não leio muitos livros, mas o que marcou foi o livro "A Invenção do Avião - Santos Dumont"
O melhor conselho que já recebeu: faça a diferença. Talvez não para o mundo, mas para as pessoas a sua volta. Faça pequenas ações, seja carinhoso. Tente fazer uma diferença positiva todos os dias, nem que seja somente ajudando a carregar a bolsa de uma senhora
Time: Grêmio
Estilo musical: todos
Hábito que não abre mão: jogar futebol com amigos
Um hábito que quer se livrar: nervosismo
Não sai de casa sem: celular
Prato preferido: churrasco com maionese
Paisagem que mais impressiona: campo de futebol e o pôr do sol
O que não pode faltar na sua geladeira: carne
Qual é o seu bem mais precioso: minha família
Opinião sobre redes sociais: são muito úteis na nossa vida. Hoje em dia precisamos dela para quase tudo. Mas, como tudo, tem o seu lado ruim. As pessoas, às vezes, não têm limite sobre ela. Exemplo disso é uma pessoa que passa o dia inteiro na frente de um celular ou de um computador. As redes sociais vieram para ficar, basta saber a dosagem certa
O negócio do futuro é: trabalhar com honestidade e comprometimento
Queixa de consumidor: site fora do ar/lento
Nome de sucesso: meus pais
Receita de sucesso: apenas viver
Qual a maior virtude de uma pessoa: a humildade
O que você não tolera: mentira e falta de educação
Sonho de consumo: clínica de Fisioterapia
Três de Maio é: acolhedora
Seus aplausos vão para: as pessoas que inovam, sonham e buscam realizar seus sonhos e contribuir para o sonho de alguém
Nota zero para: os políticos corruptos





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/12/2017   |
01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |
03/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS