Terça-feira, 22 de agosto de 2017
Ano XXIX - Edição 1471
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Vacinação contra a gripe - Até agora, apenas 55% da meta foi atingida

12/05/2017 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Em Três de Maio, apenas 55% da meta da campanha de vacinação contra a gripe foi atingida até o momento, o que representa 4.846 pessoas - número abaixo do esperado para o momento pela Secretaria da Saúde. Os que menos estão procurando a imunização são crianças e idosos. Neste sábado, ocorre o Dia D, quando todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família do município ficarão abertas. Nas unidades de Consolata e Progresso, a vacinação ocorre entre as 8h e as 15h. Nas unidades dos bairros Promorar, Santa Rita, Oriental, São Pedro e São Francisco, assim como na Unidade Central de Saúde, o atendimento será das 8h às 17h. Nesta semana, duas mortes por gripe foram confirmadas no Estado

Pouca procura pela vacinação preocupa 
autoridades de saúde
Em Três de Maio, foram imunizadas 4.846 pessoas - 55% da meta. Dos grupos prioritários, os que menos estão procurando a imunização são crianças e idosos

Dia D é amanhã
Amanhã, sábado, será realizado o Dia D da vacinação contra a gripe. Em Três de Maio, as unidades de saúde da cidade atenderão das 8h às 17h, e as do interior, das 8h às 15h. A enfermeira Mirian diz que o Dia D quer lembrar que a vacina é eficaz, efetiva e previne as pessoas da gripe A H1N1, tão temida quando surgiu e contra a qual não havia a vacina. "Hoje temos a tecnologia da vacina, tão segura, pois é feita de vírus inativados, e isso faz com que a mesma não tenha como provocar doenças respiratórias. Basta analisar os dados de óbitos por A H1N1: são pessoas que não receberam a vacina, por motivos diversos. A ocorrência de óbitos é nos grupos não vacinados, e isto prova mais uma vez da eficácia da vacina", complementa.
"Gostaríamos que  as pessoas que não fizeram a vacina e que se enquadram no grupo de risco, que se dirijam às suas unidades de saúde para proceder a vacinação". A campanha termina no dia 26 de maio.

Procura nas farmácias
Em Três de Maio, em três farmácias consultadas pelo Semanal, a procura pela vacina está sendo boa. Com valores que variam de R$ 69,90 a R$ 80,00, teve maior busca logo no início da campanha na rede pública. Agora, restam poucas doses.

Neste ano, são duas mortes confirmadas por gripe
As duas primeiras mortes registradas neste ano, por gripe, foram no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. Os dois pertenciam aos grupos prioritários para a vacinação contra a doença. De acordo com o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), ambos não foram vacinados este ano e apresentavam comorbidades para a doença.
O primeiro óbito ocorreu em 31 de março. Homem, de 61 anos, que apresentava doença cardiovascular crônica e obesidade. Já nesta segunda-feira, dia 8, o CEVS confirmou o óbito de outro homem, de 70 anos, portador de pneumopatia crônica. O secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que nos dois casos foi confirmada a infecção pelo vírus Influenza A, que é prevenido pela vacina.
Neste ano, são mais de 4 milhões de doses destinadas ao Estado. Já foram aplicadas 1.482.871 doses, o que representa imunização de 47,4% do público alvo.

- Vacinação na rede pública é gratuita. Campanha vai até 26 de maio, e meta é vacinar mais de 8 mil pessoas
Crianças e idosos são os grupos que menos estão procurando as unidades de saúde para receber a vacina

FOTO: GABRIEL LAUTENSCHLEGER/PREFEITURA DE TRÊS DE MAIO/DIVULGAÇÃO

Confira a matéria completa no jornal impresso




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/08/2017   |
18/08/2017   |
11/08/2017   |
11/08/2017   |
11/08/2017   |
11/08/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS