Sexta-feira, 18 de agosto de 2017
Ano XXIX - Edição 1470
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

10/03/2017 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - SE TODO MUNDO FIZER - Digamos, o bem, o mundo seria uma maravilha. Quando o universo foi criado, com certeza, o criador imaginou um mundo do bem. Talvez, não tivesse imaginado o criador que o homem, sua criatura,  fosse capaz de praticar atrocidades. Dizem os teólogos que o ser humano foi dotado de dons variados e entre eles a liberdade. E mercê da liberdade, exsurge a prática do mal. E não está nada fácil recuperar este mundo atolado em maldades. Por todos os cantos e recantos do planeta Terra todos os dias são mais e mais novas práticas de barbaridades. Não vamos cobrar que todo mundo seja, pois, gente boa, gente do bem, mas pelo menos boa parte da população mundial. Não sejamos pessimistas achando que tudo está perdido, porque há muitos seres humanos empenhados em fazer o bem não olhando a quem. Estes estão fazendo a sua parte e, se eu e você, nos somarmos a eles, ainda existem perspectivas de que amanhã teremos dias melhores. 

BRINCADEIRA - Anda solta pelas ruas e calçadas uma brincadeira sadia, mas engraçada. Em tom picaresco, dizem os brincalhões que, hoje, as crianças aprendem a declinar o nome dos 11 integrantes do Supremo Tribunal Federal, antes que os nomes dos 11 titulares da Seleção Brasileira de Futebol. 

VAI SOBRAR ALGUÉM? Pelo andar da carruagem, não deve sobrar ninguém. A Odebrecht através da denúncia premiada está entregando todo mundo. São milhões e milhões de caixa 2 para todas as principais siglas que  levaram o seu nas últimas eleições. A corrupção foi e é generalizada. O problema vai ser encontrar candidatos de ficha limpa para as eleições do ano que vem. Não é por nada que todos os envolvidos, negam terem recebido incentivo monetário para eleger-se. E, se admitem terem recebido, foi tudo de forma legal. Este é o Brasil!

CORRUPÇÃO NAS OLIMPÍADAS - Só agora veio à tona a compra da sede   das Olimpíadas de 2016. Um jornal francês denunciou SÓ AGORA que três dias antes da definição do local das Olimpíadas, o filho de um dos organizadores do sorteio teria recebido uma bolsa contendo U$$ 1,5 milhão oferecido por um rico cidadão brasileiro (o nome do corrupto não foi fornecido). Muito estranho tudo isso! Na oportunidade, Lula era o nosso presidente, e todo mundo ficou maravilhado com o status do Brasil, que sediara a Copa do Mundo em 2.014 e, em 2.016, as Olimpíadas. Nenhum país do mundo, até então, conseguira emplacar um feito desses. 

COMPROMISSO - Não  é apenas obrigação legal do eleitor votar nas eleições, mas também é compromissos do eleitor acompanhar os atos dos eleitos e cobrar atitudes. Outra obrigação que quase ninguém cumpre é fiscalizar o cumprimento de horários nas funções públicas, seja dos prefeitos, dos secretários, dos funcionários públicos e também dos vereadores. Eles são  empregados do povo e como tais têm que cumprir as obrigações trabalhistas. 

RECONHECIMENTO - Este colunista teve o reconhecimento da administração municipal pelos 18 anos de participação em 4 mandatos, sempre, como secretário municipal, recebendo um troféu Honra ao Mérito. A comenda foi entregue pelo prefeito, no dia 20 de dezembro de 2016, quando este colunista completou 77 anos e saiu em definitivo da vida pública. Este reconhecimento não só está pendurado na parede, mas também ficará para sempre depositado no fundo do coração. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/08/2017   |
04/08/2017   |
31/07/2017   |
21/07/2017   |
14/07/2017   |
07/07/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS