Domingo, 26 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo - João Seno Bach

08/02/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - BONS TEMPOS - As pessoas do meu tempo gostam de puxar assuntos do nosso tempo. Daqueles tempos que se foram. Do tempo em que as cobras usavam sapatos e os lagartos andavam de botas. Eram, convenhamos, tempos mais tranquilos. Apesar de cada um poder carregar a sua xerenga, ou o seu trabuco - o cospe-fogo, como diziam. De noite, a gente não precisava chavear as portas e nem trancar as janelas. Alguém achava na estrada um dinheiro, por pouco que fosse, procurava encontrar o dono. Que bons tempos! Havia os bailes de kerb e, nos domingos à tarde, o jogo de cartas no bolicho, ou a partida de futebol no campo, onde não se cobrava entrada e se tomava cerveja quente no balcão. Nos domingos de manhã, o padre rezava a missa na capela e fazia o sermão bilíngue que durava mais de meia hora. Eta tempo que os velhos gostam de recordar!
VAI CHEGAR O TEMPO EM QUE QUASE TUDO VAI SER PROIBIDO, PORQUE O CIDADÃO NÃO FAZ AQUILO QUE INDICA O BOM SENSO.
QUEIXA DO PALÁCIO PIRATINI: "No Rio Grande, as pessoas têm mania de depreciar. O governo inaugura uma ponte num dia e no outro a imprensa e adversários começam a colocar defeito..."  Isso, salvo melhor juízo, não foi o que aconteceu com a conclusão das obras do acesso rodoviário pelo governo Tarso Genro em Três de Maio. Por sinal, a atitude do governador foi elogiada. Ou não? Ele só não veio inaugurar a obra porque não quis.
PACOTE PARA PREFEITOS: No encontro de prefeitos, em Brasília, a presidente Dilma Rousseff prometeu um pacote de bondades de R$ 66,8 bilhões para investimentos em diversas áreas ainda no início do mandato dos novos administradores municipais. Os recursos são basicamente para obras de saneamento, pavimentação e mobilidade urbana. Os municípios com menos de 50 mil habitantes ganharão retroescavadeiras e motoniveladoras, adquiridas com recursos da União. Nada se falou sobre a regularização do repasse do Fundo de Participação dos Municípios/FPM.
PORTA ARROMBADA,TRANCA DE FERRO. Depois de uma tragédia, tomam-se as providências.
DIVERSIFICAÇÃO - Não se faz música com uma nota só. Não se faz agricultura com uma cultura só. A monocultura não dá certo em nenhum lugar do mundo. É preciso diversificar.
DÉFICIT PREVIDENCIÁRIO - Em 2012 o déficit previdenciário cresceu 9%, atingindo R$ 42,3 bilhões. E, segundo o ministro da Previdência Social, a reforma previdenciária, embora muitas vezes anunciada, não sai no atual governo. Quando será?
PROFISSIONAIS DE FORA - Só em 2012, foram concedidos 73 mil vistos de trabalho para profissionais estrangeiros. Nos últimos três anos, o ingresso de profissionais estrangeiros cresceu 137%. E os nossos? Alegação:"Esses profissionais são altamente qualificados e vêm ao Brasil exercer profissões nas áreas de gerência e supervisão de empresas".
SOJICULTORES JÁ ESTÃO PERDENDO COM FALTA DE CHUVA. A HISTÓRIA SE REPETE. EXISTE ALGUMA PREVENÇÃO, ANTEVENDO O FUTURO?


Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS