Quinta-feira, 17 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1579
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Rodovias estaduais: Daer diz que retomada das manutenções é prioridade, mas obras não têm previsão de início

31/05/2019 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Moradores protestam contra a precariedade da ERS-342 
Daer diz que está em busca de recursos e que retomada da manutenção das rodovias é 'tratada como prioridade'
O Daer-RS (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem) diz que está buscando com a Secretaria da Fazenda "os recursos necessários para dar continuidade à manutenção das rodovias estaduais".
Em resposta a questionamen-tos do Semanal sobre a situação da ERS-342, rodovia que no trajeto Três de Maio/Independência/Catuípe apresenta situação precária em diversos trechos, o departamento afirma que "a pauta (a retomada da manutenção das rodovias estaduais) está sendo tratada como prioridade".

 'Chega a ser vergonhoso o número de motoristas que ajudamos porque tiveram dois ou três pneus 
furados', diz participante

Muitas vezes, ao desviar de um buraco, os motoristas logo encontram outro. "Assim que o Daer tiver recursos para retomar a manutenção das rodovias, as equipes vão atuar na ERS-342".
Populares realizaram, no último domingo, 26, o segundo protesto neste ano em crítica às condições da rodovia. O produtor rural Gilberto Marasca, um dos participantes do ato, que foi realizado às margens da ERS em Esquina Araújo, diz que a pauta foi pelo recapeamento da rodovia.
"Ela não tem mais condições de trafegabilidade. Não vamos aceitar tapa-buracos, é um gasto que não soluciona o problema. Chegou-se a uma situação-limite. Chega a ser vergonhoso o número de motoristas que ajudamos porque tiveram dois ou três pneus furados", conta Gilberto.
Sua família e outras que estavam no protesto têm propriedades ao longo da ERS-342, tanto em Independência quanto em Catuípe. O ato teve início às 14h e foi concluído por volta das 18h - em uma das faixas, se podia ler: "ERS-342 pede socorro! Chega de enrolação!".
De acordo com Gilberto, já está sendo programado um próximo protesto, para dia útil, com o fechamento da rodovia durante o dia todo. "E assim vamos continuar até recapearem todo o trecho. Não vamos parar", promete ele. O primeiro ato havia ocorrido em 7 de abril.
A precária situação da rodovia se arrasta por anos, porém, nos últimos meses, a estrada ficou praticamente intransitável




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/10/2019   |
11/10/2019   |
27/09/2019   |
19/09/2019   |
13/09/2019   |
13/09/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS