Terça-feira, 15 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1579
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

25/11/2016 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - HAJA CORAÇÃO - Não tem nada a ver com recente novela da Globo, que fez doer de tão ruim. Nós as pessoas ordeiras e sérias, há mais de 50 anos na estrada, sempre no cumprimento estrito do dever e das obrigações, visando o bem e o desenvolvimento, a paz e a concórdia, não nos sentimos mais em condições de suportat tudo o que está acontecendo neste nosso vale de lágrimas. É muita esculhambação para nossa formação auferida nos bons tempos. Todo santo dia somos obrigados a engolir dezenas de ocorrências cabeludas. São mortes de pais e mães de família, de crianças inocentes. São roubalheiras intermináveis nas ruas e avenidas. São assaltos de toda ordem. É uma pasmaceira nas grandes cidades e até nas pequenas cidades. Cada vez mais cercas elétricas e sistemas de segurança são instalados nas residências, onde dormem as famílias pacatas, as crianças inocentes. Todo mundo está amarelo de susto, de medo. As ruas e avenidas que foram feitas para transitar tranquilamente inspiram receio e medo por causa da invasão de irresponsáveis e truculentos. O coração das pessoas boas está balançando a cada notícia ruim.

DINHEIRO MALVERSADO - Vejam como nosso dinheiro é mal gasto pelos governantes. Desde 2011, o Estado perdeu 27 milhões com remédios vencidos. E cada mês, em média, 400 quilos de remédios vão parar no lixo, que não tem nada a ver com esta desorganização na distribuição dos medicamentos. 

PARA QUEM JÁ GANHA UM DINHEIRÃO É PRECISO VALE-ALIMENTAÇÃO E AUXÍLIO-MORADIA ENTRE OUTROS PENDURICALHOS? 

TRÊS DE MAIO JÁ TEM DUAS ÁREAS INDUSTRIAIS E UM COMPLEXO INDUSTRIAL LÁCTEO. SERÁ QUE ALGUM DIA TERÁ UMA TERCEIRA? 

DEPOIS DE 18 ANOS - O colunista cumpriu uma trajetória quase inusitada: 18 anos acompanhando as administrações do prefeito Olívio José Casali, desde 1977, em quatro mandatos. No dia 20 de dezembro, sairá da vida pública, sem faltar um dia ao serviço e sem um atestado médico. Depois de 54 anos de estrada, é a hora da parada.
 
PRÊMIO NOBEL - O cantor Bob Dylan não vai buscar o Prêmio Nobel em Estocolmo, agora, em dezembro. Talvez, tenha vergonha ou não se sinta à vontade, porque canto não é Literatura, nem aqui e nem na Conchinchina. Será que faltou literato competente para ser premiado? O prêmio dá bom dinheiro. 

A REFORMA EDUCACIONAL NÃO PODE CINGIR-SE À INVASÃO DE ESCOLAS POR ESTUDANTES DESORDEIROS E A SERVIÇO DE COMANDO IDEOLÓGICO. 

ALGO ESTÁ MUDANDO - Agora os poderosos criminosos estão indo para a cadeia. Talvez, não haja cadeias suficientes. Com certeza, muitos poderosos não serão fisgados. Foi feio de ver dois ex-governadores do Rio serem conduzidos para o xilindró, na semana passada. 

TÁBUA DE SALVAÇÃO - Para muitas prefeituras gaúchas o recebimento de dinheiro repatriado pode ser a tábua de salvação para fechamento das contas no fim de 2016. Dos R$ 50,9 bilhões repatriados, R$ 356 milhões podem cair em território gaúcho. A operação foi rápida e os prefeitos devem ter batido palmas. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/10/2019   |
04/10/2019   |
27/09/2019   |
19/09/2019   |
13/09/2019   |
06/09/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS