Terça-feira, 20 de agosto de 2019
Ano XXXI - Edição 1571
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

02/09/2016 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - HEROÍSMO - Em tempos de Olimpíada, ouve-se falar bastante a palavra heroísmo. Muitos dos que conquistam medalhas são considerados ou chamados de heróis. Aí vem a pergunta: mas o que são heróis? O que, na verdade, é heroísmo? No momento cívico da Semana da Pátria, a palavra heroísmo também vem à tona. Até as canções patrióticas fazem menção aos heróis da Pátria. Nas historinhas existem até os super-heróis. Mas vamos ficar só com os heróis. São logicamente aqueles que têm atitudes heroicas. O herói é aquele que é capaz de atitudes invulgares. As figuras arquetípicas, os personagens-modelo, os quase deuses, estes são os heróis. São aqueles que têm dimensão semidivina. Falta pouco para serem deuses. Muitas vezes a ideia de heroísmo transcende um pouco a realidade. É quase demais considerar um papador de medalhas em Olimpíadas, por mais arrojadas que sejam as conquistas, um herói. Vamos conceder, porém, que aqueles que lutam intransigentemente por ideais nobres e altruístas - liberdade, fraternidade, sacrifício, coragem, justiça, moral, paz sejam considerados heróis. E, então, aqueles que morrem por suas convicções e em defesa da fé!
PARA REFLETIR - "Nossa baixa autoestima não será resolvida e superada com medalhas e recordes olímpicos, mas, sim, com investimentos em saúde, educação, habitação e segurança pública." As frases são do colunista e advogado Astor Wartchow. 
A PERGUNTA: Agora fica a questão: valeu a pena ou não valeu a penha sediar a Olimpíada? Para os otimistas valeu e como valeu a pena. E para os pessimistas, foi um exagero, é dinheiro gasto à toa. E agora, José? como diria o poeta Carlos Drummond de Andrade. 
HÁ OS QUE QUEREM TUDO PARA SI E NADA PARA OS OUTROS. 
UMA GRANDE PROPOSTA: O tema escolhido pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte para a Semana da Pátria 2016 é de suma importância: ÁGUA, TERRA E AR: VAMOS PRESERVAR. São elementos essenciais para a vida, que estão sendo agredidos pelo homem. 
PISO DO MAGISTÉRIO - São 14 os estados que pagam aos professores menos do que os R$ 2.135,64 por mês (2016), conforme levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/CNTE. Mais da metade dos estados brasileiros não cumpre o salário estipulado na Lei do Piso dos Professores. O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei n° 11.738/2008. Os estados e os municípios que valorizam os educadores e a Educação estão pagando os valores estipulados pelo Ministério da Educação. 
DESEMPREGO: "Desestrutura vidas e famílias, é um drama individual, mas também tem consequências coletivas. Sem o vínculo e os benefícios, o trabalhador sem vaga sobrecarrega a rede pública de assistência à saúde, que por sua vez pesa aos já fragilizados orçamentos públicos, sejam municipais, estaduais ou federais." Coluna de Economia de Marta Sfredo. Desemprego até quando?
VOCÊ SABIA? Talvez, não. Todo atleta ou ginasta brasileiro premiado com medalha - não importa se ouro, prata ou bronze - abiscoitou R$ 35.000,00 por medalha conquistada. A maior bolada foi para Isaquias Queiroz, que levou uma de prata e duas de bronze. Rendeu. Os campeões do voleibol dividiram R$ 6 milhões e os campeões do futebol dividiram R$ 12 milhões. Sacanagem.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

16/08/2019   |
09/08/2019   |
02/08/2019   |
26/07/2019   |
19/07/2019   |
12/07/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS