Terça-feira, 15 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1579
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

03/06/2016 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - AGRADAR A TODOS não dá. Nem Jesus Cristo conseguiu esta façanha milagrosa, Ele que fez tantos milagres na sua peregrinação terrestre. Como poderia, pois, um pobre mortal tentar fazer agrados a tantos desprovidos, interesseiros e desassistidos seres humanos. Este nosso mundo aqui embaixo está, hoje, habitado por tantos irmãos que precisam ou querem quase tudo de mão beijada. Querem boas notas dos professores os discípulos que pouco produzem. Muitos querem graças do alto para tudo e para todos. E não faltam aqueles que rogam por assistência em todas as circunstâncias. Requerem providências urgentes cidadãos de classes que fazem pouco pela grandeza do nosso Planeta. Nem o pai consegue agradar a todos os filhos, porque há sempre aquele que destoa nas exigências. Assim sendo, pois, desista o governante de querer agradar a todos os seus subordinados. Desista o patrão de agradar a todos os empregados. Desista o religioso de endereçar palavras de fé que agradem a todos os fieis. Como é que os diários acontecimentos e as intempéries podem agradar a todos? Impossível. 
OLHAR PARA VENEZUELA - Quando se olha para a situação da Venezuela, leva-se um grande susto. O povo nas ruas lutando para buscar comida, que não existe. Não poderia ter sido este o futuro do Brasil? Por amor de Deus e dos meus filhinhos! 
O QUE ELA DISSE: "Para mim, a ideia de ser famosa é irritante". Falou Gisele Bündchen. 
PESSIMISMO  - "O futebol brasileiro acabou. A política brasileira acabou. Tudo acabou". A frase ou as frases são do colunista David Coimbra. É muito pessimismo para o gosto deste colunista. 
USO DA MESÓCLISE - A oposição critica até o uso da mesóclise pelo presidente interino: não gostaram do FÁ-LO-EI. Que coisinha! Aliás, em matéria de linguagem o nosso povo em geral fica devendo, inclusive, políticos. Então vai, além de mesóclise, ainda existem a próclise e a ênclise. 
SAFRA DO ARROZ - Foi de 30% a queda na atual safra de arroz em relação à safra passada. O motivo foi o excesso de chuvas no plantio, no período vegetativo e durante a colheita. E o custo de produção por hectare aumentou 17,8%. Deu tudo errado. Mas mesmo assim, o agronegócio está sendo a salvação da nossa economia.
ESTE É O BRASILZÃO DE SEMPRE. Grampos derrubam ministros e protestos recriam ministérios.
BOLSA FRAUDE - Sem fiscalização eficiente, o dinheiro do contribuinte - o meu, o teu - deixa de ir para quem precisa: é o bolsa fraude. Um levantamento mostra que fraudes consumiram 2,6 bilhões de reais do Bolsa Família. É que funcionários públicos, mortos e até doadores de campanha estão entre os beneficiados pelo programa. Sem fiscalização séria, nada funciona. 
PINDAÍBA - A pindaíba está aí. E por causa disso as eleições municipais podem sofrer com a falta de candidatos. No entanto, as notícias dão conta de que as campanhas eleitorais deste ano ficarão 80% mais baratas. São vários os motivos, não só a falta de dinheiro, que está retirando do páreo candidatos de cidades gaúchas de expressão, como é o caso de Caxias do Sul, Pelotas e também de Santo Ângelo. Uma profunda reforma eleitoral se impõe com urgência. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/10/2019   |
04/10/2019   |
27/09/2019   |
19/09/2019   |
13/09/2019   |
06/09/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS