Domingo, 26 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

20/11/2015 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - FALTA DE INDIGNAÇÃO - Talvez seja isso. Quando tudo está bem e a paz reina soberana, não há por que indignar-se. Mas e quando a violência faz vítimas a granel e a roubalheira em torno está bombando? E, quando espoucam notícias dando conta de bandalheiras e maracutaias nas altas camadas políticas e sociais? Talvez, nesta hora não se tenha o controle necessário para não indignar-se. O ser humano graças a Deus tem um freio, para evitar o derramamento da bílis a todo momento. No entanto, não pode o ser humano chegar ao ponto do indiferentismo: tanto faz que haja ou não haja saúde. Tanto faz se as estradas estão boas ou ruins. Tanto faz que haja inflação, desemprego, ou violência. Significa a perda da capacidade de indignação. Muito parecido com a doença que sobrepuja a energia e deixa o corpo sem ação. É muito ruim, quando todos dizem amém. Algo parecido como o momento atual: nenhuma voz potente se levanta para dizer um basta à bandalheira. Por isso, o mau momento poder ser pior. 
Quem manda mais neste governo o Lula ou a Dilma? Só o tempo dirá. 
MAIOR QUEDA - A indústria gaúcha teve a maior queda do País em setembro. A retração foi de 19,7% ante igual mês de 2.014. 
DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS - Índios podem bloquear rodovias e não acontece nada. Mas caminheiros, se o fizerem, são multados. E o MST também pode? O governo usa dois pesos e medidas nos protestos. Índios protestam contra Proposta de Emenda à Constituição e caminhoneiros cobram providências do governo. 
AGRONEGÓCIO EM ALTA - As exportações gaúchas do agronegócio estiveram em alta em outubro: cresceram 85%. A exportação da soja cresceu 200% no período. O soja, mal iniciado o plantio, já está sendo negociado, porque o dólar está em alta. 
COLUNISTAS - Muitos colunistas de importantes jornais negam que são petistas, filopetistas ou antipetistas, comunistas, filocomunistas ou socialistas. Seriam, por acaso, cartesianos? 
IMPARCIALIDADE: ...será que ela existe? Os juízes de todo gênero que o digam.
É PRECISO ACORDAR - Governo não produz riqueza, mas consome. E quem quer produzir é quase sempre atrapalhado pelo governo incompetente. Os trabalhadores e empresários é que pagam a conta desse descalabro. E aí vivemos penando neste Estado falido. 
VEJAM SÓ - O prefeito que encerrar o ano com pendências não justificadas pode ser apontado pelo Tribunal de Contas do Estado/TCE por improbidade, que entre outras penas, acarreta multa, ficha suja e até inelegibilidade. Isso que os municípios está sofrendo perdas irreparáveis. 
ANALISE: "Se o bolso do povo for recheado, se o emprego estiver em alta e a inflação em baixa, se sobrar algum para a viagem de férias e para o iogurte da família, o governante e o seu partido vai ficando. Há que lembrar que Lula acossado pelas denúncias do mensalão, não só se reelegeu em meio a uma euforia econômica como emplacou duas vezes a sucessora". Colunista de jornal. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS