Quarta-feira, 22 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

30/05/2014 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  QUE BOM SERIA!  - Realmente, sem sombra de dúvidas, seria muito bom. Seria bom demais, se assim fosse. Todos querem o bem acima do mal. Mas infelizmente nem sempre isso se concretiza. Como seria bom para os governantes, se o povo fosse ignorante. Como seria bom para os políticos, se os cidadãos desconhecessem as leis e nada exigissem. Como seria bom para os ocupantes de cargos públicos nas diversas governanças, se o povo nada cobrasse. Seria tão bom! Seria tão bom, se o povo se comportasse o tempo todo como ovelhinhas mansas pastando no campo. Como seria bom se não houvessem as reivindicações de um povo que quer ordem e progresso. Que quer paz e harmonia. Que não quer inflação e não aceita a violência. Ah! Como seria bom se todos se comportassem como colegiais de internato de religiosas. Ou como seminaristas franciscanos. Então sim, haveria campo largo para administrar o dinheiro público, coletado através de tributos escorchantes. Seria o mundo dos sonhos de tempos recuados, quando todos desconheciam tudo. Bom seria, claro, se todos soubessem tudo ou quase tudo.

GASOLINA BARATA  - Não cuidem que o preço do combustível vai baixar. Ao contrário, vai subir nos próximos tempos. Talvez, só depois das eleições. Sucede que no dia 20 de maio - Dia da Liberdade de Impostos - muitos postos de abastecimento venderam a gasolina a R$ 1,50 o litro. Isso descontado o imposto do produto, para que os consumidores se antenassem  ao peso do tributo,  que é de 53% sobre os combustíveis. Um massacre!  

MECA DO LEITE  -  Sim, os gestores públicos precisam pensar o Município econômica e socialmente. Se Santa Rosa é a Capital Nacional da Soja, por que Três de Maio não poderia vir a ser a Capital Nacional do Leite ou a Meca do Leite? Não adianta sermos a Capital da Chaminé, a Cidade Jardim. Cadê os jardins? É preciso ser realista e plantar uma semente que nos dê bem-estar. A Expoterneira e novas incrementações nos podem dar esta dimensão.

ERRO HISTÓRICO  -  O erro de exportar matéria-prima in natura é histórico. O que está se fazendo com a produção do leite está correto. A industrialização agrega valores, oportuniza empregos e receita. Três de Maio poderia ter feito isso com a soja, o milho, o trigo e lá atrás com suínos. Não o fez, errou. Quem sofreu foi a nossa economia e a absorção de mão de obra.

PRESTEM ATENÇÃO! AMEAÇAS VIRTUAIS PODEM RENDER CADEIA.

A ESTRATÉGIA - A estratégia de campanha do PT  vai ser  meter medo na nova classe média de perder as conquistas com a volta ao passado. Que tal meter medo nos eleitores pobres!

NÃO ESTÁ ACONTECENDO NADA PARA DEBELAR A VIOLÊNCIA. E O MEDO AUMENTA EM TODOS OS QUADRANTES.


NÃO QUEREM TRABALHAR  - "Ganharás o pão com o suor do teu rosto". É assim que refere a Bíblia. Mas, segundo o IBGE, "17 milhões de brasileiros não querem trabalhar". Quase 10% da população brasileira não quer saber do trabalho. Então, é lógico, os restantes 90% precisam trabalhar por eles. São ao todo 17,374 milhões de cidadãos brasileiros, por opção, estão sem emprego. Talvez, sejam exatamente aqueles que não precisam trabalhar, porque a renda da família é boa. Então, não querem ou não precisam trabalhar?




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS