Quarta-feira, 16 de outubro de 2019
Ano XXXI - Edição 1579
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

04/11/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  AS ORIGENS  -  É  natural o esquecimento. É preciso admitir que é impossível não esquecer nada. São tantos os fatos, os episódios que a memória não segura. E não depende da vontade não esquecer. São as limitações humanas. Há os que têm memória boa. Há os que têm memória ruim. E aqueles que nem memória têm. Agora, essa de esquecer as origens é dose pra mamute, como vulgarmente se escreve. Mas, olhando ao redor, existe um exército de gente que simplesmente ignora as raízes. Esqueceram as origens. Há gente que não quer lembrar que nasceu na roça e se criou na roça. Há os que não querem nem lembrar o tempo em que moravam na vila ou no bairro, rodeados de casebres e morando num deles. Mas essas são as origens de muita gente, que felizmente conseguiram tirar o pé da lama e ascender para um outro patamar.
A ETERNA LUTA - DIREITA OU ESQUERDA. POR QUE A LUTA PELO CENTRO? NO FUTEBOL É ASSIM: Joga-se pelas duas pontas, mas também pelo meio. Precisamos partidos fortes de centro. Ou não?
BOLSA FAMÍLIA - Lançado em 2003 pelo ex-presidente Lula, jamais devia ter sido lançado, por ser nociva à iniciativa de muitos cidadãos, que preferem viver com as migalhas do benefício do que lutar pela vida.  E, agora, está sendo incrementado o RS MAIS IGUAL. Até o final do ano, 25 mil famílias gaúchas, que garantem um complemento aos cadastrados do Bolsa Família. É a emenda pior que o soneto.  
ERVA-MATE - Aumentou 400% em um ano. Duro golpe no bolso do gaúcho, que consome o chimarrão diariamente. Houve algum erro estratégico lá atrás. Nada aumenta tanto sem motivo.
CALMA SÃO PEDRO - Oh São Pedro, não vá querer esculhambar a safra do trigo logo agora, quando o cereal está pronto para ser ceifado! O trigo todos os anos passa por várias provações.
APAGA A LUZ - É hora de apagar a luz. Sim, porque a energia sobe 14,57% numa só raquetada. Terminou a barretada do governo, dando benesses para os consumidores. Uma por uma, todas as desonerações fiscais estão sendo retiradas. Isso custou caro aos cofres governamentais. Quem pagou o pato, foram as prefeituras e por extensão os munícipes.
O TCE QUER SABER - O Tribunal de Contas do Estado decidiu que vai fazer auditorias em todas as regiões do Estado, para saber como os prefeitos estão administrando os recursos. Isso em função da choradeira generalizada dos prefeitos, que reclamam da difícil situação dos cofres municipais na reta final de 2013. Talvez, virão dicas de como os gestores públicos podem economizar.
O PRESTÍGIO DOS CUBANOS ESTÁ EM ALTA: PEDIDO DE DESCULPAS PELA PRESIDENTE, MÚSICA E FLORES. MAS O REVALIDA APROVOU, DE 1.595 MÉDICOS FORMADOS NO EXTERIOR, APENAS 155: 9,72% DO TOTAL.
VISIBILIDADE - Com recursos do PAC 2, o governo está entregando milhares de máquinas, ônibus, ambulâncias e caminhões para prefeituras de todo País. São retroescavadeiras, motoniveladoras, ônibus para o transporte escolar, ambulâncias e até caminhões-caçamba. Talvez, seja para retribuir a queda do repasse do Fundo de Participação dos Municípios/FPM. O repasse do FPM é invisível para a população e  a entrega de equipamentos dá nos olhos do povo. Dá visibilidade. E Três de Maio tem sido beneficiado. O governo alega: incentivo à indústria.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/10/2019   |
04/10/2019   |
27/09/2019   |
19/09/2019   |
13/09/2019   |
06/09/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS