Quarta-feira, 22 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

09/09/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - HÁ MUITA BOBAGEM - Sem dúvida há muita bobagem solta por aí. Sobretudo, quando se trata do meio ambiente. Há uma colossal falta de bom senso. É bem verdade que o meio ambiente está sendo desrespeitado, mas é preciso evitar extremos absurdos. Há os ambientalistas enrustidos. Aqueles que dão menos valor ao ser humano do que a um preá. Vejam, por exemplo, o caso do papagaio de Santo Ângelo. A ave está sendo cuidada zelosamente por uma família, há 23 anos. Virou bicho de estimação da família. E com certeza fala e faz gracinhas. E não é que o Ibama quis inseri-la na vida silvestre. O caso foi parar na Justiça, que decidiu que a ave deve permanecer com a família. Quer dizer, a Justiça abortou o barato do Ibama, que não teve bom senso e quis fazer uma tremenda bobagem. Chega a causar asco este tipo de intromissão. Agora, quando há exagero e o ser humano abusa ecologicamente, palmas para quem se preocupa com a natureza.  
MINICRISE - O incrível ministro da Fazenda, que sempre transpira otimismo (até exagerado), quando se trata de economia, admitiu que o país enfrenta uma minicrise. Ele deve estar preparando o espírito para anunciar um aumento de combustíveis. Mantega celebra a inflação sob controle e avisa as donas de casa que os preços nas gôndolas dos supermercados pararam de disparar. Mas não disse que estacionaram no alto. Tomara que consiga segurar a onda.
PREFEITOS NA PRENSA - A exemplo da Lei de Responsabilidade Fiscal, os prefeitos que deixarem cair o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica -  Ideb - nos seus municípios, se tornarão inelegíveis. Opa! Opa! O assunto polêmico está sendo discutido na Câmara dos Deputados.
Com cada vez menos recursos, mais os prefeitos são cobrados. Isso preocupa. Não preocupa?
PRIMEIRO O PROGRAMA MAIS MÉDICOS E JÁ SE FALA NO MAIS PROFESSORES. O QUE É ISSO?  Sempre haverá os que batem palmas e os que fecham o punho ou fazem figa.  
ISSO DÓI  - Quando a gente durante anos com os parcos recursos que sobravam conseguiu investir num apartamento, que foi alugado para melhorar a receita, mas o inquilino pilantra sequer paga o aluguel. Exatamente, há 25 meses o insensível inquilino foi avisado judicialmente para desocupar o imóvel, mas não o fez e nem a Justiça o moveu a fazê-lo. Isso que dizem que a Lei do Inquilinato é severa. Qual o quê!  É duro! É dolorido! Coloquem-se no lugar do colunista.  O 402 está de graça.
PIB  CAI?  -  Dólar caro, inflação no alto e juros elevados - a taxa básica Selic só tem aumentado - arrasta o Produto Interno Bruto para baixo. O PIB de 2013 deve cair para 2%, ante metal inicial de 4%. Tudo isso causa transtornos à nossa economia:  inflação e desemprego são alguns deles. A taxa Selic sobe e vai para 9%. Melhoram os juros. É para segurar a inflação.  Em quem acreditar? Os noticiários da semana passada anunciaram o maior aumento de PIB dos últimos anos num trimestre. Pode?
RECUPERAÇÃO  -  Os Estados Unidos estão em franca recuperação, deixando a recessão para trás. Alguns países da Europa também seguem o mesmo caminho. Normalidade à vista. E o Brasil?
SETOR PRIMÁRIO - Tem sua grande importância, apesar de que o Rio Grande do Sul seja um Estado industrializado. E a região valoriza o avanço da produção de leite, porque o leite é uma receita garantida em cada fim de mês. Muitos produtores primários nem se queixam mais do trabalho constante que as vacas dão. E a melhoria do rebanho e das instalações valoriza a propriedade.  




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS