Quarta-feira, 22 de maio de 2019
Ano XXX - Edição 1558
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

17/05/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  AS FRAUDULÊNCIAS  - É decepcionante o momento que estamos vivendo neste País. Há fraudulências por todos os lados. Primeiro era só na ilha da fantasia, onde se praticava o Mensalão. E as patranhas da Rose Noronha. Tudo está sendo minimizado e jogado debaixo do tapete. Haja vista o Mensalão, que já garantem: ninguém vai para a cadeia. É que os condenados têm costas largas. Será mais uma fraudação contra o indefeso cidadão. Mas as fraudes da ilha da fantasia desceram a rampa e vieram para a planície. Vieram até as plagas gaúchas, onde foram detectadas fraudes no meio ambiente. Também descobriram que o leite que nós tomamos está sendo adulterado. Os modestos leiteiros aprenderam a fazer a coisa. Estão ganhando dinheiro, misturando água de poço, ureia e formol ao ouro branco. O volume aumenta 10% e os fraudadores ganham 10% mais na sua conta. E a saúde um tapa na cara. Que pouca vergonha! 

ECOCHATOS - Um neologismo para anotar naquele dicionário informal: são aqueles ambientalistas chatos, que te querem na cadeia, porque você matou um preá.

TOLERÂNCIA ZERO - "O governo não trata com tolerância zero a inflação. A maior conquista dos brasileiros está sendo colocada em risco pela leniência do governo". A frase é do senador Aécio Neves. 

FRASE FORTE:  - "Ela já foi terrorista. Ela sequestrou avião, ela pode ter matado. Como ela pode criar uma Comissão da Verdade e, como presidente, não se colocar? Deveria ser a primeira pessoa a ser averiguada". Cantor Lobão sobre a nossa presidente em entrevista a um jornal de São Paulo. Isso bem denota a origem dos nossos mandantes. Há muita hipocrisia na busca de implicados. 
CHEGARÁ O DIA, SE AS COISAS NÃO MUDAREM, EM QUE O INOCENTE VAI PAGAR SISTEMATICAMENTE PELO CULPADO. TAMBÉM VAI CHEGAR O DIA EM QUE VAI SER PROIBIDO CRITICAR OS CULPADOS.

IN NATURA - Apenas a metade da soja colhida no Rio Grande do Sul é industrializada aqui, transformada em óleo comestível, biodiesel e farelo. A outra metade é exportada in natura. Um erro clamoroso. Na nossa região este percentual é ainda mais drástico.

AGRICULTURA CRESCE - São constatações das feiras do agronegócio. Isso, por exemplo, ficou constatado na 20ª Agrishow, em Ribeirão Preto, São Paulo. Os negócios registrados foram de 2,6 bilhões, 16% superiores a 2012. Por lá declararam que a agricultura brasileira vai muito bem, em 2013, com o crescimento da fronteira agrícola, aumento da produtividade e da tecnologia usada no setor primário. O que os produtores lamentam, contudo, são os problemas que atrapalham o crescimento da agricultura: logística, transporte e armazenagem de safras.

MÉDICOS DE CUBA - O governo quer trazer 6 mil médicos de Cuba para atender as áreas carentes. Com certeza, os nossos médicos vão atender as áreas dos bem de vida. O que os nossos médicos pensam disso? Será que nossas universidades de Medicina não estão mais dando conta da formação de profissionais para atender as nossas necessidades? É só autorizar novos cursos.  Quem sabe, se continuar neste diapasão,  amanhã vêm engenheiros da Venezuela, vêm administradores da Coreia do Norte, professores da China,  e enche de haitianos para mão de obra pesada. E nossa gente fica assistindo. Será que é isso que se quer no Brasil? Vai dar bate-boca.
QUANTO MAIS SE FAZ, MAIS SE PRECISA FAZER. Isso vale para os governantes de todos os níveis. E mais: UMA COISA PUXA A OUTRA.  E esta: O OTIMISMO É COMO O FERMENTO.   



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |
26/04/2019   |
12/04/2019   |
05/04/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS