Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019
Ano XXX - Edição 1545
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

08/02/2019 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - IR AO ENCONTRO - Se tu não fores ao encontro não vai haver encontro. Faça a experiência no dia a dia. As pessoas são assim: elas querem que você vá ao encontro delas. Não elas ao teu encontro. Então, principalmente, se você é um modesto ser, procure os outros e não espere sentado que venham te abraçar ou dizer adeus. Não uma nem duas vezes, já fiz a experiência e tem dado exatamente este placar. Então, passe a régua e esqueça. Faça a mesma coisa e verá que a experiência vai dar o mesmo resultado. Hoje, está assim: nem os sacerdotes vão atrás das ovelhas tresmalhadas, como ensina a Sagrada Escritura. Os políticos e pró-políticos só lhe procuram, quando almejam o voto. E os administradores públicos vão lhe buscar, quando você estiver em dívida com os cofres públicos. Por isso, vá solenemente ao encontro e não espere sentado. 

MUITAS RECLAMAÇÕES - Vários assuntos motivaram recentes reclamações. Uma delas: a enxurrada de mosquitos. E os culpados - os moradores. Já em dezembro fiz aqui o alerta, alertando para os mosquitos e borrachudos. Mas nenhuma providência. E só agora, terminado o janeiro, se mexeram.  E a culpa foi jogada no lombo da população. E agora, com ameaça do vírus da dengue,  vá campanha. 

O SAFADO CAIU - Renan Calheiros largou a presidência do Senado, depois de um vergonhoso bafafá. No Senado, também há renovação. Devagarinho se acendem as luzes de um novo tempo. 

ABUSOS E MAIS ABUSOS - Aluguéis altos - aumentos de até 10% na virada do ano, quando a inflação foi de 3,86%. Um abuso abusado.    

LIXO E MAIS LIXO - Deem uma volta e verão. A cidade está cheia de montes de lixo. Os munícipes, muitos deles, retiram o lixo do terreno e depositam na calçada ou na rua. Há os que podam o arvoredo na calçada e amontoam o lixo, para ser retirado por coletores que não existem mais.
 
POLÍTICA DE NOVOS TEMPOS: "A REJEIÇÃO À CLASSE POLÍTICA ATINGIU NÍVEIS JAMAIS VISTOS. MAS NÃO FALTARAM RAZÕES PARA ISSO: CORRUPÇÃO GIGANTESCA, INSENSIBILIDADE COM AS MAZELAS DO POVO E SERVIÇOS PÚBLICOS ESCASSOS E INSUFICIENTES, APESAR DE PESADÍSSIMA CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE OS OMBROS DA POPULAÇÃO". As colocações são do senador gaúcho, Lasier Mrtins, que, aliás, trocou pela terceira vez de partido. Agora, migrou para o Podemos.  

SILÊNCIO DA OPOSIÇÃO - Um munícipe muito irritado perguntou: Cadê a oposição em Três de Maio? Na Câmara de Vereadores passa tudo batido e ninguém se manifesta. É a queixa. Acredito que os queixosos tenham razão, porque existem problemas e mais problemas e nenhuma manifestação de cobrança sai da boca dos representantes do povo, que deveriam cobrar, já que são pagos para representar o povo. Aliás, até hoje nenhuma cobrança do não-aproveitamento da Área Industrial II, onde foram investidos milhões, local, como dizem, virou estacionamento noturno de automóveis.  Vamos cobrar mais dos nossos representantes, que são bem pagos para sentar na Câmara de Vereadores. 

ENCONTRO DA FAMÍLIA BACH - Está com data marcada o 3º Encontro da Família Bach: 12 de janeiro de 2020, em Nova Colúmbia, no município de Bom Princípio. Da Alemanha vieram duas levas de Bach: uma em 1827, que se estabeleceu na Picada Feliz, à qual pertence o colunista, e a outra, veio, em 1846, que se estabeleceu, em Colúmbia, a turma que está organizando o terceiro encontro. Os integrantes das duas turmas não se conhecem. Muitos daquela leva de 1846 o colunista está conhecendo agora, muitos deles morando no Paraná e em Santa Catarina. 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/02/2019   |
01/02/2019   |
25/01/2019   |
18/01/2019   |
11/01/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS