Domingo, 15 de julho de 2018
Ano xxx - Edição 1515
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para consumo

13/04/2018 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - PENSAR COMO OS OUTROS - Cada um é cada um. E cada um tem a sua cabeça. Boa ou ruim, não importa. E cada cabeça com seu pensar. E cada cabeça com sua sentença. Perceberam? Por que, então, não aceitar posições de uma cabeça que não a sua? Para muitos, quem cogita o que todos os outros cogitam, tem uma extraordinária cabeça boa. Precisa ser aplaudido, admirado e comemorado. E bananas para quem cogita o contrário ou o avesso. Lamentável falta de liberalidade. Será que não percebem que até no futebol por ocasião de uma penalidade duvidosa, há dezenas de opiniões de entendidos, uns a favor e outros contra? O mesmo pode ser válido para a política, para a religião, educação, bem-estar, segurança, enfim, para os acontecimentos do dia a dia. Há quem por causa de uma frase, que não é do gosto dele, se arrepia. E pisa no pescoço de quem a produziu. Bobagem!   

EXPOTERNEIRA -  Já estamos em meio à 5ª Expoterneira, conduzida pelo competente Dilson Mireski, que é um depósito de boas ideias. É preciso incentivar a produção de leite. É lucro certo, principalmente, nas pequenas propriedades. Além de retorno aos cofres públicos, a produção e industrialização do leite é forte fator de emprego. 

PARQUE-EMPRESA - A ideia é ótima. Há alguns anos atrás já corria o zunzum de que o Parque Municipal de Exposições poderia ser transformado em empresa. Como e quando isso vai acontecer é questão de tempo e de ideias de nossas lideranças. Apoio total.

QUANDO VOCÊ NÃO PENSA COMO OS OUTROS PENSAM, O TEU PENSAR É ALIJADO.

POR QUE NÃO SER DE CENTRO, QUANDO A DIREITA OU A ESQUERDA NÃO TE AGRADAM? 

VOLTA O ESTACIONAMENTO PAGO - Vai favorecer a quem? Os que vão debater e estudar o assunto, lembrem-se de que os cidadãos já estão até os gorgomilos com taxas e tributos. Este assunto é velho já de barba crescida. É preciso encontrar soluções racionais, sem mexer de novo no bolso do cidadão. Mais gente andando a pé é uma das soluções. 

"O PODER CORROMPE". A conclusão é de Emiliano Zapata. É exatamente o que está acontecendo nestes tempos tortuosos que estamos vivendo na nossa política. O que não falta são corruptos e corruptores no poder. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

06/07/2018   |
29/06/2018   |
22/06/2018   |
15/06/2018   |
08/06/2018   |
01/06/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS