Terça-feira, 11 de dezembro de 2018
Ano XXX - Edição 1536
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Casali fará história ao assumir o quarto mandato

11/10/2012 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Olívio José Casali, 68 anos, é empresário e administrador. Em 2013, ele assume pela quarta vez a prefeitura de Três de Maio. Na história do município, será o único prefeito eleito para exercer o quarto mandato, até o momento.
Desde jovem, Casali se destacou pelo espírito empreendedor. Sua história política começou em 1976, quando concorreu a prefeito, elegendo-se pela primeira vez. O primeiro mandato foi de seis anos: 1977-1982, quando marcou a sua administração com a abertura e asfaltamento da avenida Senador Alberto Pasqualini e no seu primeiro mandato foi construída a BR-472 e a RS-342, interligando Três de Maio com a região e o resto do país. Neste período, também foram construídas e reformadas 42 unidades escolares. 
Casali elegeu-se pela segunda vez para administrar o município de Três de Maio, em 1988, cujo mandato se estendeu até 1992. Marcou o seu segundo período administrativo a aquisição e implantação da Área Industrial I e nesta época foram asfaltadas as avenidas Uruguai e Santa Rosa, bem como as ruas centrais da cidade. Nos dois primeiros mandatos, Casali conquistou 420 moradias populares em vários núcleos habitacionais.
Em 2008, Casali venceu o pleito pela terceira vez e sob o lema Construindo uma Nova Era. Nos quatro anos, o trabalho focado na oferta de uma melhor infraestrutura aos segmentos básicos alavancou o crescimento de vários setores. Casali e o vice João Mella Neto, incentivaram a criação de novos empreendimentos, fizeram inúmeros investimentos e oportunizaram muitas obras em diversos setores. 
Nas eleições do último domingo, Casali foi reeleito para mais quatro anos, com o slogan da campanha Três de Maio no Rumo Certo. Conquistou junto com a vice Eliane Fischer 8.104 votos, ou seja, 50,09%. 
Segundo Casali, o próximo mandato será fundamental para dar continuidade aos projetos iniciados nesta administração. "Queremos continuar proporcionando melhor qualidade de vida, incentivando a geração de empregos, educação qualificada, saúde com gestão responsável, boas estradas e ser referência estadual no setor lácteo. Isso nos motiva a estarmos novamente à frente desta caminhada. Queremos a expansão das oportunidades com um município em pleno desenvolvimento. Este é o nosso compromisso. Temos a certeza que estamos no Rumo Certo", disse. 
Conforme o prefeito, vários são os desafios pela frente, especialmente na área de saúde. Entre os projetos de investimento em infraestrutura na área da saúde, Casali e Eliane Fischer pretendem viabilizar a construção das novas Unidades Básicas de Saúde, contemplando os bairros São Francisco, São Pedro, Glória e Manchinha, apostando também na ampliação do número de agentes de saúde.
Outra meta é a conclusão dos projetos habitacionais do Loteamento Santa Maria e bairro Esperança, bem como buscar alternativas para a conquista de moradias para os trabalhadores com renda de até três salários mínimos. 
Na agricultura, o foco será o fortalecimento da atividade rural, a ampliação e intensificação do programa da bacia leiteira - Programa de Produtividade e Qualidade do Setor Lácteo 2010-2020. No setor de indústria e comércio, serão criados incentivos para a pequena e micro indústria, e será buscada a instalação de um polo de confecções. Também pretende-se ampliar o microcrédito para micro e pequenas empresas e fortalecer o setor moveleiro e metal-mecânico, melhorando ainda mais da economia local.
Casali também ressaltou o compromisso do seu governo com a valorização da mulher, através da secretaria da Mulher; segurança pública; meio ambiente; esporte; educação e cultura; assistência social; saúde; agricultura, obras e infraestrutura. "Pensamos na população três-maiense e nas futuras gerações. Estamos felizes que os munícipes continuam confiando em Casali, agora ao lado de Eliane Fischer. Trabalharemos pela continuidade de um governo comprometido com a população e lutaremos por novos projetos e pela conclusão dos que já estão em andamento", declarou Casali.

A história das eleições municipais em Três de Maio

O primeiro prefeito de Três de Maio foi Walter Ullmann, quando se efetivou a instalação do município em 28 de fevereiro de 1955. Ullmann tinha como vice Avelino Haas. O mandato encerrou em 1959.
O segundo prefeito foi Germano Dockhorn tendo como vice Rudolfo Rucker. Depois, Ceslau Sawitzki assumiu a prefeitura tendo de vice Ervino Edwino Mensch.
O jornal Semanal realizou um levantamento com base nos registros históricos do Tribunal Regional Eleitoral do RS (TRE-RS) das eleições municipais realizadas em Três de Maio. No site do TRE-RS, constam os dados das eleições a partir de 1968.
Em 1968, o município tinha 10.078 eleitores. Compareceram 8.720 eleitores, nas 51 seções, e Walter Ullmann foi eleito prefeito para o segundo mandato com 4.551 votos, tendo como vice Oswaldo Fleck. O partido era Arena. Em segundo lugar, com 2.514 votos, ficou o candidato a prefeito Erwino Edwino Mensch, e o vice Edison de Azambuja, do partido MDB. Uma diferença de 2.037 votos a favor de Walter Ullmann.
Nas eleições de 1972, eram 11.218 eleitores, e 10.122 votantes. Haviam 73 urnas. Ceslau Sawitzki foi eleito prefeito (pela segunda vez) e Edison Azambuja vice, com 5.142 votos, representando o MDB. Os candidatos Luiz Antônio Matana Saciloto, prefeito, e Pedro Gonçalo Cereser, vice, da Arena, obtiveram 4.788 votos. Uma diferença de 354 votos pró Ceslau Sawitzki.
No ano de 1976, 12.511 eleitores compareceram para votação, em 94 seções. O eleitorado apto era de 14.168. Com 4.164 votos, Olívio José Casali foi eleito prefeito, tendo como vice Dorildo Goelzer, representando a Arena 1. Nestor Eickhoff, candidato a prefeito, da Arena 2, fez 1.956 votos. Uma diferença de 2.208 votos pró Casali.
Nas eleições de 1982, 17.248 eleitores estavam aptos a votar, mas compareceram 14.693, que deram a vitória a Ceslau Sawitzki, prefeito, e Henrique Becker Filho, vice, do PMDB 2, com 2.674 votos. Mário Pires Machado, do PMDB 1, ficou com 2.490 votos. Uma diferença de 184 votos a favor de Sawitzki, que exercia seu terceiro mandato.
Em 1988, Olívio José Casali foi eleito prefeito para o segundo mandato, com 6.397 votos, tendo Pedro Paulo Fischer como vice-prefeito. Alarico Pelizon, candidato a prefeito e Ricardo Schwarz, candidato a vice, obtiveram 4.641 votos. Iracildo Binicheski e Leda Batista, candidatos a prefeito e a vice, fizeram 2.263 votos. A diferença entre Casali (eleito) e Pelizon ficou em 1.756 votos.
Confira os demais resultados das eleições municipais de 1992 a 2008 nas tabelas a baixo:






Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também





Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS